Assistam ao vídeo e vejam o que a mídia brasileira não mostra sobre a ida de Bolsonaro ao Chile

Publicado em   23/mar/2019
por  Caio Hostilio


A mídia que perdeu a verba midiática, que era paga para bancar os jornalões e a Rede Globo nababescamente, não mostra a realidade vivida pelo presidente Bolsonaro junto ao chilenos… Isso é querer produzir apenas ações negativas sem muita expressividade. Quanta imundície buscar informações nesses meios de comunicações!!!

  Publicado em: Política

Senador Álvaro Dias anuncia projeto para derrubar decisão do STF que sabota a Lava Jato

Publicado em   23/mar/2019
por  Caio Hostilio

LAVA TOGA: O senador Álvaro Dias anunciou, em vídeo veiculado nas redes sociais, um projeto para derrubar a última – e polêmica – decisão do STF a respeito da competência da Justiça Eleitoral para crimes de corrupção que envolvam o uso de “caixa 2”.

“Há uma ameaça constante contra a operação Lava Jato. Alguns de forma mais sutil, mais clandestina, usando de subterfúgios, comprometem a eficácia e a eficiência da operação Lava Jato. Não foi só aquele ato de 6 a 5 no STF. Aquele foi, realmente, o golpe mais contundente. Não há a necessidade de uma decisão como essa quando, na esteira da vontade popular, a sinalização do nosso povo é para outro lugar. Não é essa a justiça que nossa gente deseja”, destacou o parlamentar.

“Apresentei um projeto de Lei Complementar. Falei com Simone Tebet pedindo prioridade para este projeto. O que nós queremos com esse projeto: anular essa decisão do Supremo Tribunal Federal”, explanou Álvaro Dias.

Veja Também!

  Publicado em: Política

A primeira semana do retorno de Gastão Viera à Câmara Federal

Publicado em   23/mar/2019
por  Caio Hostilio

Na primeira semana de trabalho como deputado federal pelo PROS/MA, Gastão Vieira destacou a emoção de estar de volta ao parlamento para exercer o seu sexto mandato. “Eu gostaria de falar da minha emoção de estar novamente no plenário da Câmara dos Deputados, onde eu já vivi muitas histórias. Eu gosto do Legislativo, aqui eu me encontro e tenho a certeza que estou ajudando o meu país”, disse.

O deputado avaliou o momento atual na Câmara Federal, “Acho que a Câmara precisa neste momento de muita conciliação e de muito entendimento, para que a gente possa dar ao povo brasileiro aquilo que ele realmente deseja, que é um país melhor. Não será uma tarefa fácil, mas eu espero colaborar no que for preciso”, destacou.

Em sua primeira semana de trabalho, Gastão Vieira assumiu como membro titular da Comissão de Educação na Câmara. “Estarei mais uma vez na Comissão, onde já fui presidente, e sei das batalhas que teremos que travar para seguir com a nossa bandeira, que é conseguir fortalecer e melhorar a educação no nosso país”, afirmou.

Gastão Vieira também falou sobre a reforma da Previdência, “A proposta da Previdência como está é injusta, principalmente para a população de baixa renda. Falando da realidade do povo do Maranhão, eu acho que essa reforma é extremamente injusta. Eu sei como eles vivem e a realidade é de uma população que sobreviv e com menos de um salário mínimo”, completou.

O deputado afirmou ser favorável a uma reforma na Previdência do país, desde que alguns pontos sejam melhor discutidos com os parlamentares. “Não sou intransigente quanto uma Reforma da Previdência, ela é necessária do ponto de vista fiscal, mas é preciso debater algumas questões como a contribuição continuada e a aposentadoria rural, respeitando os mais pobres”.

Gastão Vieira defende alterações no texto quanto ao Benefício de Prestação Continuada e um debate em torno das mudanças sobre a aposentadoria para trabalhadores rurais. “Sabemos que a receita para pagar a Previdência é, na maioria das cidades maranhenses, superior ao que o município dispõe com o Fundo de Participação dos Municípios. Precisamos repensar isso, sem esquecer da dignidade das pessoas”, disse

Na opinião de Gastão Vieira, o governo debatendo alguns pontos sensíveis será possível conquistar o consenso da maioria. “São questões fundamentais e espero que o governo tenha lucidez para sentar à mesa e abrir mão de alguns desses pontos”, concluiu.

  Publicado em: Política

Alcântara terá royalties de exploração econômica da Base, diz Roberto Rocha

Publicado em   23/mar/2019
por  Caio Hostilio

Senador maranhense está propondo ao Governo Federal a cobrança de royalties pela exploração econômica da Base de Alcântara. Os recursos irão para comunidades quilombolas, assentados e outros.

Assista ao vídeo do senador Roberto Rocha sobre os Royalties para Alcântara: https://youtu.be/Tmcqx50BsiI

O senador Roberto Rocha (PSDB/MA) afirmou que está propondo ao Governo Federal a criação de um fundo para que o Maranhão seja beneficiado com os royalties da exploração econômica da Base de Alcântara. A afirmação foi feita por meio de vídeo, gravado em frente ao capitólio (Congresso Americano), em Waschington (EUA), na última quarta-feira, 20.

Roberto Rocha esteve no País para participar da conferência internacional promovida pela Câmara de Comércio dos Estados Unidos, ocasião em que o parlamentar apresentou as potencialidades do Brasil, como a Zona de Exportação do Maranhão (Zema) e a Base Espacial de Alcântara.

Em sua fala, o senador afirma que o Acordo de Salvaguardas Tecnológicas, que prevê o uso, pelos EUA, do Centro de lançamento de Alcântara, vai gerar investimentos bilionários na economia nacional e estimular o desenvolvimento e o progresso para o Brasil e, em especial, para o Maranhão e os maranhenses.

“Em nenhum momento nós esquecemos das famílias tradicionais de Alcântara. Elas serão premiadas com essa parceria, pois estamos propondo ao Governo Federal a criação de um fundo para cobrarmos royalties da exploração econômica da base. Todo esse dinheiro será investido nas comunidades quilombolas, indígenas, quebradeiras de coco e assentados. Com isso, nós iremos verdadeiramente emancipar- econômica e socialmente- o estado do Maranhão”, afirmou.

  Publicado em: Política

Rigo Teles propõe proibição do tráfego de veículos pesados na MA-135

Publicado em   23/mar/2019
por  Caio Hostilio

O deputado Rigo Teles (PV) apresentou projeto de lei dispondo sobre a proibição do tráfego de veículos pesados na MA-315, no trecho que liga o município de Paulino Neves a Barreirinhas.

Segundo ele, naquele trecho é permitido somente o tráfego de veículos automotores, com no máximo dois eixos, mas a estrada é bastante utilizada pelos veículos pesados, o que acaba comprometendo a qualidade daquela rodovia. A proposta tem como objetivo proteger o trecho da MA-315, de quase 40 quilômetros de extensão, considerando que o piso da rodovia é pavimentado por bloquetes.

“Essa importante obra na região dos Lençóis Maranhenses é um incentivo para o turismo, pois permite melhor acesso aos Lençóis Maranhenses, Delta do Parnaíba e Jericoacoara, a Rota das Emoções, em um percurso bem menor. Infelizmente, está ocorrendo o tráfego de caminhões pesados carregando soja e, esses veículos, estão destruindo a MA.  Portanto, entendemos ser necessária a adoção de urgentes providências, com o objetivo de manter a qualidade do referido trecho, através da proibição do tráfego de veículos pesados”, assegurou o parlamentar.

Rigo Teles propõe que seja instalada a sinalização de trânsito vertical e horizontal, informando as condições de tráfego de veículos automotores, bem como a fiscalização eletrônica no trecho da rodovia estadual.

  Publicado em: Política

General Mourão Faz Palestra Surpreendente, Destroça Incompetência Do PT, Venezuela E Esquerdistas

Publicado em   23/mar/2019
por  Caio Hostilio

Em palestra realizada durante reunião com grupo de empresários, o General Mourão apresentou uma palestra surpreendente a respeito da conjuntura brasileira. Fazendo digressões históricas, o vice-presidente demonstrou a incompetência do governo petista, bem como a ruína econômica causada pela corrupção e pela ideologia esquerdista.

Ademais, Mourão expôs os objetivos primaciais do Governo Bolsonaro: “Quando deixarmos esse governo, em janeiro de 2023, queremos que todos estejam experimentando as quatro liberdade essenciais: a liberdade de expressão, a liberdade religiosa, a liberdade de não ser imposto à vontade dos outros e a liberdade de não ter medo”.

Assista ao vídeo.

  Publicado em: Política

Cadê o respeito com o professor? Professores de condições especiais de trabalho (CET) cobram os salários de janeiro e fevereiro

Publicado em   23/mar/2019
por  Caio Hostilio

DENUNCIA DE NÃO PAGAMENTO DOS PROFESSORES – CONDIÇÃO ESPECIAL DE TRABALHO (CET) Janeiro e fevereiro

Boa tarde!

Sou professor da rede estadual, tenho uma matricula e sou Condição Especial de Trabalho (CET) venho através desta denunciar que os pagamentos dos (cet) que foi prometido sair em uma folha complementa afirmado por nota abaixo, não foi comprida no seu total, saiu para uns e outros não inclusive para os professore de escola municipalizadas que é de responsabilidade do governo Flavio Dino, questionamos o secretario Felipe Camarão, o motivo de ter saído pra uns outros não ele falou que foi erro do sistema e que após o carnaval iria ser creditado os cets atrasado mês Janeiro para que tralhou nas escolas municipalizadas e em outra escolas e do mês Fevereiro estamos indo para o terceiro mês e ate agora não temos um posicionamento do secretário si eremos receber ou não estamos aflitos sem saber o que vai acontecer os gestores não sabem fui na URI ele não sabem dar um posicionamento

Gostaríamos que você fizesse esta denúncia para para pressionar o secretario e o governador.   

22/02/2019 6:58 pm

Nota pagamento de gratificações e Cets

Com relação ao pagamento das gratificações de Educação Especial (30%) e de Educação Integral (25%), e a Condição Especial de Trabalho (CET), que não constam no contracheque emitido hoje, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) informa que será efetivado na próxima semana, em folha suplementar.

22/02/2019

  Publicado em: Política

Lei que regulamenta Food Truck em São Luís é promulgada por Osmar Filho

Publicado em   22/mar/2019
por  Caio Hostilio

O presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Osmar Filho (PDT), promulgou, nesta sexta-feira (22), a lei nº 6.459/2019, que dispõe sobre a regulamentação da venda de alimentos realizada de forma itinerante em veículos como trailers e furgões — os chamados Food Truck.

A legislação que foi enviada para publicação no Diário Oficial do Município (DOM) conta com seis artigos e trás disposições gerais, regularização, fiscalização e orientação aos comerciantes.

O texto, de autoria do vereador Sá Marques (PHS) e que contou com a colaboração do Ministério Público Estadual, foi aprovado pela Casa Legislativa em novembro do ano passado.

Para Osmar Filho, a nova lei colabora com o impulsionamento da economia local, gerando emprego e renda com a comercialização de alimentos em diversos pontos da capital maranhense.

“É uma iniciativa louvável do vereador professor Sá Marques que a Casa aprovou por unanimidade e hoje estou tendo a oportunidade de promulgar uma lei que regulamenta um segmento que contribui com o impulsionamento da nossa economia, gerando emprego e renda com comercialização de alimentos em diversos pontos da cidade”, destacou o presidente.

Em suas disposições gerais, a lei que entra em vigor na data de sua publicação, revogando-se as disposições em contrário, determina que o comércio de alimentos em vias e áreas públicas em caráter móvel será exercido mediante autorização expedida pela prefeitura.

“Para efeitos desta Lei, considera atividade de ‘veículo de alimento’, o comercio de alimentos em vias e áreas públicas que compreendam venda de comidas por caminhonetes, veículos automotores, rebocáveis, montados sobre veículos de caráter eventual, devendo ser recolhidos no final do expediente”, diz o artigo 2º.

Sá Marques (PHS) destacou a importância da promulgação da medida que, segundo ele, foi colocada em prática a partir de uma sugestão do promotor Cláudio Cabral Marques, titular da 1ª Promotoria de Justiça Especializada do Controle Externo da Atividade Policial de São Luís.

“Foi uma ideia do promotor Cláudio Cabral que virou lei. Com a promulgação da norma, agora é partir para padronização e da higiene para não gerar uma situação de insalubridade e não melindrar a saúde pública”, destacou Sá Marques.

Para o promotor Cláudio Cabral Marques, a lei vai possibilitar novas iniciativas na área de alimento e bebida num momento de grave crise econômica.

“Eu considero de grande importância a promulgação dessa lei que vai possibilitar novas iniciativas nessa área de alimento e bebida num momento de grave crise econômica que o país passa. Então, tanto a fiscalização, mas principalmente as opções para população e segurança para as pessoas que vão ingressar ou estão nessa atividade”, disse o promotor.

Também participaram da solenidade de promulgação os vereadores César Bombeiro (PSD), Pavão Filho (PDT), Genival Alves (PRTB), Marquinhos (DEM); o secretário municipal de Relações Parlamentares, Ivaldo Rodrigues; além de representantes da Bliz Urbana.

Principais normas da lei:

Localização – Não serão admitidos aos ‘veículos de alimentos’ estacionar em frente a estabelecimentos de ensino, hospitais, farmácias, portões de acesso a edifícios ou repartições públicas respeitando todas as disposições do artigo 181 do Código de Trânsito Brasileiro.

Distância – O ‘veículo de alimento’ conterá até 6,3 metros de comprimento e oferecer no mínimo um espaço de 3 metros de calçadas livre para pedestres.

Limites para atuação:

Não serão emitidas licenças para:

 1. A comercialização de produtos ou alimentos perecíveis só será permitida se estiver garantida as condições de conservação dos alimentos resfriados, congelados ou aquecidos.

2. A instalação de equipamentos em passeios públicos respeitará a legislação urbanística em vigor.

  Publicado em: Política

Alema sediará 3º Encontro de Presidentes de Assembleias Legislativas do Nordeste

Publicado em   22/mar/2019
por  Caio Hostilio

A Assembleia Legislativa do Maranhão (Alema) sediará, na próxima sexta-feira (29), o 3º Encontro de Presidentes de Assembleias Legislativas dos Estados do Nordeste. A abertura do evento, que terá como anfitrião o presidente da Alema, deputado estadual Othelino Neto (PCdoB), acontecerá no Plenário Nagib Haickel, a partir das 10h.

Durante o encontro serão discutidos vários temas de interesse do Poder Legislativo e da população, a exemplo da Reforma da Previdência e dos encaminhamentos sobre o Consórcio dos Estados do Nordeste, cuja efetivação depende da aprovação pelos Parlamentos de cada estado nordestino.

Na reunião de trabalho, que será realizada na Sala das Comissões, os legisladores também deverão discutir o Pacto Federativo, bem como propostas de fortalecimento dos órgãos regionais de desenvolvimento. Os nove representantes das Casas Legislativas estaduais assinarão, ainda, a Carta São Luís, que deverá conter propostas e encaminhamentos de interesse da Região Nordeste e do Legislativo. A assinatura acontecerá no Salão Nobre.

O primeiro encontro aconteceu no Ceará; e o segundo, na Bahia. A pauta principal do primeiro encontro foi a criação do Colegiado Nordestino, que congrega os dirigentes dos Legislativos estaduais.

Já no segundo Encontro, foram eleitos os integrantes do ParlaNordeste e criada uma Frente Parlamentar pela revitalização do Rio São Francisco e a não privatização da Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf).

Programação

Dia 29 de março – 3º Encontro de Presidentes de Assembleias Legislativas do Nordeste

10h – Abertura (Plenário Nagib Haickel)

11h – Reunião de Trabalho (Sala das Comissões)

12h – Assinatura da Carta São Luís (Salão Nobre)

  Publicado em: Política

Enquanto isso… Dilma, passeia na Espanha com o nosso dinheiro

Publicado em   22/mar/2019
por  Caio Hostilio

Dilma Rousseff está em Madri.

A ex-presidente só retorna ao Brasil na próxima segunda-feira (25).

Parece incoerente enquanto dois ex-presidentes estão presos por corrupção, Dilma, também envolvida em uma série de denúncias e defenestrada do cargo por atos ímprobos, passeie pela Europa com o dinheiro do povo brasileiro.

Aliás, o benefício de que gozam os ex-Presidentes da República, no sentido de que a União continue bancando gastos, salários, assessores e despesas é questionável.

Cada ex-presidente tem direito a oito assessores às custas do povo brasileiro.

Sarney, Collor, FHC, Lula e Dilma, gastam e mandam a fatura para o Palácio do Planalto.

Dilma é a ex-presidente que mais gastou dinheiro durante o ano de 2018.

Lula, mesmo preso, gastou R$ 119 mil.

Sarney torrou R$ 158 mil.

Collor detonou R$ 306 mil.

FHC foi o mais econômico. Os seus gastos atingiram apenas R$ 41 mil.

Dilma, em compensação, gastou por mês mais do que FHC o ano inteiro.

A petista custou para o país a bagatela de R$ 632 mil.

É realmente um acinte e parece inconcebível a determinação legal que impõe ao estado brasileiro continuar bancando a farra de ex-presidentes, mormente daqueles que foram defenestrados do cargo, face a suas condutas ilícitas.

  Publicado em: Política

Busca no Blog