Executiva Nacional dá o veredicto: PSB de São Luís fica com Roberto Rocha

Publicado em   30/set/2011
por  Caio Hostilio

Eduardo Campos, presidente do PSB Nacional, mostrou mais uma vez ser pragmático e determinou que o Diretório de São Luís ficasse com o ex-tucano Roberto Rocha, tirando, com isso a força dos Tavares em querer comandar todos os diretórios da legenda no Maranhão, ou seja, transformando o PSB numa espécie de casa da mãe Joana ou ainda o quintal da casa de José Reinaldo. O tiro saiu pela culatra… Tiveram que engolir e, ainda, aceitar Roberto Rocha como um aliado de última hora.

Em coletiva, hoje (30), na sede do partido, Rua do Alecrim, nº 374, Centro, o presidente do Diretório Estadual, José Antonio Almeida, mesmo a contra gosto, teve que anunciar o nome de Roberto Rocha no comando do Diretório Municipal de São Luís.

A eleição para o Diretório Estadual acontece ainda nesse ano e pelo andar da carruagem, o pragmático Eduardo Campos vai decidir novamente. O PSB de Eduardo Campos gosta muito de valorizar quem tem algo a oferecer ao partido a nível nacional e, assim, traga vantagens para suas intenções futuras no campo político nacional. Diante disso, vale lembrar que o grupo dos Tavares não tem nada a oferecer, visto que José Reinaldo e José Antonio Almeida não possuem mandatos no Congresso Nacional, sobrando o mandato de deputado estadual de Marcelo Tavares, que não apita nada no cenário político nacional. Pelo visto, o deputado Ribamar Alves deve assumir o comando do partido no Maranhão, pois detém o mandato de deputado federal.

Sobre a ida do PSB para o governo de João Castelo, José Antonio e Roberto Rocha saíram pela tangente. Roberto Rocha disse que isso aconteceu em 2006 e que ele ainda não era do partido. Fugiu mais uma vez das perguntas, ao não responder que o acordo de agora com o prefeito Castelo foi feito exatamente pelo grupo que foi contra a ida do partido, em 2006, apoiar o prefeito atual. Roberto Rocha deixou evidente que não quer conflito nesse momento com o grupo dos Tavares. Sobre o partido apoiar Castelo nessas eleições, Rocha disse que seguirá o desejo da maioria, porém deixou escapar que isso não é do gosto dele, além de deixar claro que pretende seguir as orientações da executiva nacional, que é a de ter candidatura própria.

José Antonio, por sua vez, seguiu a mesma linha de Roberto Rocha. Falou, falou e não disse nada. Apenas disse que o acordo com Castelo aconteceu pelos braços do próprio prefeito. Perguntei se era correto o prefeito ter procurado exatamente a banda do partido que foi contra a aliança com o PSDB em 2006 ao invés de procurar o grupo que comprou a briga e levou o PSB a apoiar Castelo em 2006. José Antonio resumiu a resposta em dizer que o Othon Bastos é um grande especialistaem educação… Sobreo veto de Castelo em relação à entrada de membros do PSB na secretaria de Educação, José Reinaldo apenas disse que o prefeito era consciente da briga interna na legenda. Então, perguntei: Quer dizer que Castelo jogou no escuro? José Antonio mais uma vez saiu pela tangente e variou na resposta…

Na verdade, o PSB hoje perdeu sua identidade e todos ali ficam pisando em cascas de ovos para não ultrapassar os limites, que podem comprometer, no futuro próximo, quem de fato comandará a legenda no Maranhão.

O certo é que a estratégia de Castelo foi equivocada, agora dependerá das intenções de Eduardo Campos, que é de fato quem diz o que será feito.

Numa conversa mais descontraída com Roberto Rocha, ele disse que irá inaugurar o seu site e que apresentará um programa televiso de nome “Agenda Positiva”, cujo objetivo é o debate dos assuntos relacionados em políticas públicas em sua essência, isso com a participação de jornalistas, blogueiros e, principalmente, de um técnico que domina cientificamente o assunto a ser debatido. É uma idéia maravilhosa, pois o Maranhão precisa exatamente de um programa desse nível, pois assim deixará de debater no senso comum. Que dê certo a idéia de Roberto Rocha.

  Publicado em: Governo

7 Responses to Executiva Nacional dá o veredicto: PSB de São Luís fica com Roberto Rocha

Deixe uma resposta para Armand Poto Cancelar resposta

Busca no Blog