Então, negociar com o dinheiro do contribuinte é fazer política?

Publicado em   12/jul/2018
por  Caio Hostilio

Assim deve pensar o deputado Josimar de Maranhãozinho, que fica de um lado do balcão e Flávio Dino do outro lado negociando o apoio político em troca de benesses financeiras (dinheiro do contribuinte) para aplicações políticas em benefício próprio… Isso é achar que todo e qualquer eleitor é idiota!!!

É achar que você contribuinte eleitor deu uma procuração e um cheque em branco para que as negociações com seu dinheiro sejam feitas em seu nome, isso sem fiscalização, sem cobrar transparência e prestação de contas… Falta consciência e respeito à coisa pública.

Essa prática é corrente no Brasil. Os políticos se elegem com o dinheiro do contribuinte sem gastar o seu dinheiro. O contribuinte assiste tudo sem se manifestar contra essa patacoada, pois a maioria esmagadora dos políticos brasileiros não mensura sua prática antidemocrática, imoral e antiética.

Na verdade, se vivêssemos num país sério, com certeza esse tipo de prática corriqueira na “política do toma lá dá cá” seria repudiada por todos e, principalmente, pelos órgãos fiscalizadores. Aí estão os motivos de tanta corrupção e do mau uso dos recursos públicos.

Por outro lado, eis aí um dos motivos da perversa carga tributária que o contribuinte é submetido.

O eleitor precisa exercer o seu papel de cidadão e repudiar e fiscalizar esses atos, pois é forma mais esdrúxula para conceder o seu apoio político.

VERGONHA!!!

  Publicado em: Governo

One Response to Então, negociar com o dinheiro do contribuinte é fazer política?

  1. Reynaldo Aragão Pinto Filho says:

    Governador,cuidado com esse 171.Abra bem os olhos com figuras desse tipo que são muitos.CUIDADO!

Deixe uma resposta

Publicidade

Busca no Blog