Marcial Lima denuncia falta de infraestrutura e trânsito caótico no acesso à Estrada da Maioba, na Forquilha

Publicado em   26/dez/2018
por  Caio Hostilio

Em visita à Forquilha e entorno, mais precisamente no acesso entre a MA-201, a Estrada de Ribamar, e a MA-202, mais conhecida como Estrada da Maioba, o vereador Marcial Lima (PSD) constatou o caos provocado pela falta de infraestrutura e o abandono. A buraqueira e a lama comprometem gravemente a mobilidade urbana na área, onde o fluxo de tráfego é um dos mais intensos da região metropolitana de São Luís. A região também funciona como ligação com a Cohab, Cohatrac, Jardim Araçagi e bairros adjacentes e apresenta pontos críticos que dificultam o trajeto em qualquer sentido.

Marcial Lima mostrou a lentidão do trânsito, causada pelos buracos, e denunciou o descaso das autoridades públicas do Poder Executivo, que não dão a devida atenção ao problema. O vereador alertou que no período chuvoso a situação fica ainda mais complicada, com risco ainda maior para condutores de veículos e pedestres. Em horários de pico, é preciso ter muita paciência para passar no local. E quem se aventura no trecho se expõe, inevitavelmente, ao risco de acidentes, danos materiais, sem contar os atrasos ao trabalho, escola, faculdade, consultas, exames médicos e outros compromissos.

Moradores, comerciantes e motoristas não cansam de fazer apelos por melhorias na áreas. De tanto reclamarem, os cidadãos prejudicados obtiveram, recentemente, uma resposta do poder público. Mas o que era para ser um benefício resultou em decepção, pois as intervenções feitas foram destruídas pela primeira chuva. Marcial Lima fez questão de conversar com populares sobre o drama de conviver com tantos transtornos. E todos foram unânimes em confirmar o abandono ao qual estão relegados, sem que haja uma providência efetiva dos governantes.

O que mais chamou atenção de Marcial Lima foi a má qualidade dos serviços feitos na região. Abordados pelo vereador em seus estabelecimentos, comerciantes relataram que algumas vias foram recuperadas há cerca de um ano e meio e hoje encontram-se em estado lastimável, sem condições adequadas para o fluxo de trânsito e com pontos transformados em verdadeiras armadilhas para quem circula de carro, de motocicleta ou a pés. Os cidadãos ouvidos pelo representante do Legislativo municipal contaram já ter visto muitas pessoas, principalmente mulheres, idosos e crianças, tropeçarem e caírem enquanto atravessavam a pista em meio à lama e a buraqueira.

Marcial Lima chama atenção da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra) e da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp) para que tomem medidas que restabeleçam a mobilidade no local. O vereador adverte que um contingente expressivo de pessoas oriundas de São José de Ribamar, de Paço do Lumiar e até mesmo da capital sofre diariamente com o problema e se sente desamparado pelos administradores públicos. Ecoando o clamor popular, Marcial solicita às autoridades que cumpram sua obrigação constitucional.

Por ser uma região comercial, os empresários estabelecidos nas vias principais e nas auxiliares, todas com mobilidade comprometida, amargam sucessivos prejuízos. Muitos já não conseguem obter com o seu trabalho os recursos suficientes para o pleno sustento das suas famílias e a manutenção dos seus negócios. É uma realidade extremamente desfavorável, um dilema provocado, sobretudo, pelo desprezo dos governantes de agora com o bem-estar de cidadãos que não dispõem do mínimo para viver dignamente.

Assista ao vídeo:

  Publicado em: Governo

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

PUBLICIDADE

Busca no Blog

Arquivos