Arquivo de agosto de 2019

Bolsonaro e Moro juntos… Desmentem a mídia que alardeou uma fritura sem pé nem cabeça…

Postado por Caio Hostilio em 30/ago/2019 - Sem Comentários

 Bolsonaro desmontou mais uma mentira da imprensa no lançamento do Projeto de Combate à Criminalidade no Planalto.

“Se Deus quiser, vai dar certo esse plano piloto montado pelo Ministério da Justiça, tendo à frente SERGIO MORO, QUE É UM PATRIMÔNIO NACIONAL.

Falta Deus!!! Para parlamentares, filho de Kakay, ao desejar a morte de Bolsonaro, age se garantindo na influência do pai

Postado por Caio Hostilio em 30/ago/2019 - Sem Comentários

Causídico de grandes causas e de grandes bandidos.

Baseia sua advocacia mais nas relações que construiu, menos nos conhecimentos jurídicos.

Tem as costas quentes, o que lhe dá liberdade de frequentar o Supremo Tribunal Federal (STF) de bermudas.

Vinícius Portella Castro, filho de Kakay segue o mesmo caminho de seu genitor.

O ‘rapazola’ se acha inatingível.

Filho de Kakay pode tudo, certamente é o que pensa.

Em sua mais recente postagem nas redes sociais, deixa explícito o desejo de que o presidente Jair Bolsonaro tivesse sido assassinado pelo criminoso Adélio Bispo de Oliveira.

Alguns parlamentares se manifestaram sobre tal atitude:

Deputado Carlos Jordy:

“O tal Vinicius Portella @macacofantasma é filho do famoso advogado Kakay, conhecido por cuidar de causas dos clientes mais tralhas do Brasil. Pelo visto, está se garantindo no papai para falar absurdos como esse.”

Deputada Letícia Aguiar:

“Vinícius Portella, filho do advogado petista Kakay, fazendo o que todo comunista fez na história: desejar a morte do adversário político. Essa é a esquerda paz e amor. E a mídia obviamente silencia-se sobre isso…”

Deputado Daniel Silveira:

“Este é Vinicius Portella, filho do Kakay, advogado dos maiores criminosos do nosso país. Se o pai já defendeu Lula e outros execráveis, com certeza deve deixar o filho bem à vontade e seguro em seus tweets.”

Se isso não é crime, ao menos é uma insana covardia e absoluta indecência moral.

Filho de peixe…

É tudo que Bolsonaro quer!!! “O PT é uma linha auxiliar do bolsonarismo”

Postado por Caio Hostilio em 30/ago/2019 - Sem Comentários

Denis Lerrer Rosenfield, em entrevista à Crusoé, analisou a possibilidade de o PT retornar ao poder:

“É muito difícil isso acontecer. O PT não tem projeto nenhum para a sociedade brasileira. Está completamente atrelado à figura do Lula, que está preso e condenado. Para se reinventar, o PT teria de fazer um movimento para o centro do espectro político, assim como o Lula fez na sua primeira eleição, em 2002. Mas eles continuam radicalizando.

A Gleisi Hoffmann (presidente do partido) continua respondendo ao Lula. Do ponto de vista partidário, essa política é autoritária, porque historicamente o PT sempre se caracterizou por decisões colegiadas. Agora, só segue o Lula. Ele está inviabilizando o partido e, ao fazer isso, está ajudando Jair Bolsonaro. O PT é uma linha auxiliar do bolsonarismo hoje.”

Assembleia Legislativa homenageia a cantora Alcione com a Medalha Manuel Beckman

Postado por Caio Hostilio em 29/ago/2019 - Sem Comentários

A Assembleia Legislativa concedeu, na manhã desta quinta-feira (29), a Medalha do Mérito Legislativo Manuel Beckman, maior comenda do Poder Legislativo do Maranhão, à cantora Alcione Dias Nazareth, durante concorrida sessão solene, com a presença do governador Flávio Dino, do vice-governador, Carlos Brandão, de representantes do Poder Judiciário e do Ministério Público, além de diversos artistas e intelectuais.

A concessão da comenda é fruto de um Projeto de Resolução Legislativa proposto pelo deputado Wendel Lages (PMN), aprovado por unanimidade pelo Plenário da Casa. Ao abrir a sessão solene, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto (PCdoB), deu as boas-vindas à homenageada. “Esta homenagem proposta pelo deputado Wendel Lages e aprovada com o voto unânime deste Plenário é uma homenagem de todo o povo do Maranhão pelo que a cantora Alcione representa para a cultura do nosso Estado e do nosso País. Cada vez que Alcione leva o nome do Maranhão para o Brasil e para o mundo, como a maior expoente da nossa cultura, ela enche todos nós de muito orgulho”.

O governador Flávio Dino, em breve pronunciamento, disse que fez questão de participar da solenidade e, logo no início de sua fala, lembrou de recente episódio em que Alcione, com a veiculação de um vídeo na internet, saiu em defesa do Maranhão e de todo o Nordeste.

“Como expoente da cultura brasileira, Alcione encarna mesmo a alma mais profunda da brasilidade que todos nós celebramos neste momento”, afirmou Flávio Dino, para quem a honraria conferida a Alcione é uma justa e merecida homenagem:

“Alcione é uma vitoriosa, e por isso não morrerá nunca. Assim como o samba não vai morrer, porque nós não vamos deixar. Certamente Alcione integra para sempre o panteão dos imortais da cultura do Maranhão”, ressaltou Flávio Dino.

Com um discurso lido, o deputado Wendel Lages, autor da proposição, fez um relato da trajetória da homenageada, frisando que “Alcione Nazareth é, sem dúvidas, uma das maiores artistas maranhenses, sendo grande incentivadora e divulgadora da cultura do Maranhão por todo o mundo”.

Ainda no começo da cerimônia, houve a exibição de um vídeo que conta a vida de Alcione, produzido pela TV Assembleia. Em seguida, os cantores Fernando de Carvalho e Alessandro Batista, o violonista Luís Júnior, o Coral São João, sob a regência do maestro Fernando Mouchereck, e a banda de música da Polícia Militar do Maranhão (PMMA), interpretaram no Plenário grandes sucessos do repertório da cantora. Bailarinos da Companhia Barrica também participaram da solenidade.

Agradecimentos

“Fico agradecida a todos por esta grande festa e esta bela homenagem, feita aqui dentro de casa, com as pessoas de casa, o que para mim é uma honra muito grande e uma emoção muito forte. Fico, principalmente, com meu coração cheio de alegria e com a minha alma bastante lisonjeada”, disse Alcione.

Visivelmente emocionada, a cantora dançou e cantou clássicos como ‘”s rosas não falam”, “Boi de Lágrimas” e “Eu te conheço Carnaval”. No encerramento da solenidade, o cantor Fernando de Carvalho cantou a música “Asa Branca”, do lendário Luiz Gonzaga.

A sessão solene de entrega da honraria à cantora teve a participação maciça de deputados no Plenário e contou, também, com a presença dos desembargadores Luiz Gonzaga e Anildes Cruz; do prefeito de Caxias, Fábio Gentil; dos secretários de Estado da Cultura, Anderson Flávio Lindoso Santana; da Mulher, Ana Mendonça; de Comunicação Social e Assuntos Políticos, Rodrigo Lago, e de Desenvolvimento Social, Márcio Honaiser (PDT); além dos secretários municipais de Cultura, Marlon Botão, e de Agricultura e Abastecimento, Ivaldo Rodrigues.

A impunidade!!! Monstro que matou menino arratado pela rua ganha prisão domiciliar…

Postado por Caio Hostilio em 29/ago/2019 - 1 Comentário

Um dos quatro homens condenados pela morte do menino João Hélio, arrastado por sete quilômetros por ruas da Zona Norte do Rio, em 2007, deixou o Instituto Penal Plácido de Sá Carvalho, localizado no Complexo de Gericinó, na Zona Oeste do Rio, nesta quinta-feira. Carlos Roberto da Silva, conhecido como Carlinhos sem pescoço, ganhou direito a cumprir pena em casa em Prisão Albergue Domiciliar (PAD). Condenado a uma pena de 39 anos de prisão em 2008, ele será monitorado por tornozeleira eletrônica.

O menino João Hélio tinha 6 anos

A Justiça concedeu a Carlos Roberto progressão para o regime aberto, que é cumprido em Casas de Albergado. Como a cidade do Rio só possui uma unidade do tipo, foi permitido que o preso continue a cumprir a pena em casa. Carlinhos sem pescoço estava preso há dez anos e seis meses. Ele foi capturado dias após o crime.

Carlos Roberto foi liberado nessa quinta-feira ainda sem tornozeleira eletrônica. Ele terá cinco dias para comparecer a dois endereços da Secretaria de Administração Penitenciária para colocar o aparelho. Caso não apareça para colocar o monitoramento, Carlos poderá ter o benefício revogado.

De acordo com sentença da Vara de Execuções Penais (VEP) do Rio, Carlos deve permanecer em casa das 22h às 6h. Nos fins de semana e feriados, ele não poderá sair de sua residência. A sentença impõe ainda outras restrição. Carlos não pode deixar o estado sem autorização judicial e qualquer mudança de endereço dentro do Rio deve ser comunicada imediatamente à Seap.

O crime aconteceu no dia 7 de fevereiro de 2007. Rosa Cristina, mãe de João Hélio, de 6 anos, voltava para casa com o menino e a outra filha, Aline de 14. Ela parou em um sinal de trânsito na Rua João Vicente, no bairro de Oswaldo Cruz, Zona Norte do Rio, quando foi abordada por homens armados, entre eles Carlos Roberto. Os criminosos determinaram que eles saíssem do carro.

Rosa e Aline, que estavam nos bancos da frente, conseguiram sair. Quando Rosa foi tirar o menino, que estava preso ao cinto de segurança no banco de trás do veículo, um dos criminosos bateu a porta e arrancou com o carro. João Hélio ficou preso do lado de fora do carro e foi arrastado por sete quilômetros, ao longo de quatro bairros da Zona Norte.

Famem, Sedes e Cemar vão ampliar alcance do programa de Tarifa Social

Postado por Caio Hostilio em 29/ago/2019 - Sem Comentários

O presidente da Famem, Erlanio Xavier, assinou nesta quarta-feira (28) termo de cooperação técnica com a Cemar e Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social, Sedes, com objetivo de ampliar o programa Tarifa Social no Maranhão. O termo vai permitir maior dinâmica e amplificação da busca ativa do consumidor, concretizando uma aspiração encaminhada pelo presidente da entidade, além de possibilitar maior incremento da economia nos municípios. A Famem, Sedes e Cemar realizarão um grande ato aberto no dia 9 de setembro, em São Luís, para demarcar o início da intensificação da busca ativa para o programa no estado.

O ato de assinatura do termo contou com a participação do secretário de Estado de Desenvolvimento Social, Márcio Honaiser; dos presidentes da Equatorial Energia, Augusto Miranda; e da Cemar, Augusto Dantas; do diretor de Relações Institucionais, José Jorge Leite, e dos prefeitos Alexandre Lavepel (Conceição do Lago-Açu), Cláudio Cunha (Apicum-Açu), João Igor (São Bernardo), Dr. Cristino (Araioses) e Júnior Cascaria (Poção de Pedras), tesoureiro da Famem.

“Todos os prefeitos vão se empenhar para que seus municípios tenham um número de beneficiários ajustado com suas necessidades. Eles terão autonomia para designar as formas como farão a busca ativa dos consumidores que têm direito garantido de participar do programa. A Famem, Cemar e Governo do Estado se uniram para levar aos maranhenses de baixa renda o direito à Tarifa Social”, assinalou Erlanio Xavier.

O secretário Márcio Honaiser afirmou que o objetivo do Governo do Estado é atender 1,5 milhão de famílias com o programa Tarifa Social no estado. Honaiser acredita que a ampliação do Tarifa Social vai dinamizar a economia dos municípios, injetando mais de R$ 200 mi por ano.

Essa parceria serve principalmente para fazermos a busca ativa. Nós temos hoje 600 mil beneficiários e podemos passar de 1 milhão. Junto com a Famem, por meio das prefeituras vamos atrás de quem tem esse potencial de ser beneficiado. Não mediremos esforços para localizar essas famílias e incentivá-las a atualizar o Cadastro Único (CadÚnico), garantindo não só o desconto na conta de energia elétrica, mas a permanência em outros programas socioassistenciais federais e estaduais”, afirmou Honaisser.

“Estamos empenhados em localizar essas famílias que têm o perfil de beneficiário do programa para que elas possam ter essa economia. Após o cadastro e a atualização de dados, no caso do consumidor atender aos critérios de baixa renda, informará a Cemar o número da conta de energia e o número do NIS, passando automaticamente a ter o desconto na tarifa”, esclareceu Augusto Miranda.

Para o prefeito de Poção de Pedras e tesoureiro da Famem, Júnior Cascaria, o desconto na tarifa para pessoas de baixa renda é muito importante, atingindo principalmente a população da zona rural. “A partir do momento que você desonera uma despesa de casa está contribuindo para botar mais comida na mesa das famílias de baixa renda e também no comércio local”, conclui o prefeito de São Bernardo, João Igor.

Tarifa Social

Tem direito aos descontos da tarifa social de até 65% os beneficiários de baixa renda que estejam inscritos no Cadastro Único, o mesmo de outros programas federais e estaduais, ter renda familiar mensal per capita menor ou igual a meio salário mínimo nacional ou já receber o Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social – BPC. Os descontos de até 100% são para famílias indígenas ou quilombolas, por faixa de consumo.

Prefeito de Caxias, Fábio Gentil, compõe mesa em sessão em homenagem à cantora Alcione, na Assembleia

Postado por Caio Hostilio em 29/ago/2019 - Sem Comentários

Deputado Zé Gentil não escondeu orgulho com o prestígio do filho no Poder Legislativo

Prefeito de Caxias, Fábio Gentil, foi convidado pelo presidente Othelino Neto a compor a mesa na homenagem a Alcione

O prefeito de Caxias, Fábio Gentil (PRB), foi convidado a compor a mesa na sessão especial realizada hoje em homenagem à cantora Alcione, agraciada com Medalha do Mérito Legislativo Manuel Beckman, maior honraria do Poder Legislativo do Maranhão. Presente à sessão, o deputado estadual Zé Gentil (PRB) não escondeu seu orgulho diante do prestígio do filho e herdeiro político no Parlamento.

Alcione Dias Nazareth foi condecorada por indicação do deputado estadual Wendel Lages (PMN). Participaram da sessão especial em homenagem à artista o governador Flávio Dino (PCdoB), o vice-governador Flávio Dino (PCdoB) e vários parlamentares.

Deputado Zé Gentil fez questão de levar seu abraço e as saudações do povo de Caxias a Alcione

Mais uma vez em vista à Assembleia Legislativa, o prefeito de Caxias foi gentilmente convidado pelo presidente Othelino Neto para integrar a mesa. E parabenizou a cantora pela longa e bem-sucedida carreira e por enaltecer o Maranhão com sua voz poderosa e inconfundível.

Antigo admirador do trabalho de Alcione, Zé Gentil fez questão de participar da homenagem, retransmitindo à artista as saudações do povo caxiense. O deputado se disse lisonjeado com a deferência manifestada por seus pares a Fábio Gentil.

Para Lula, Fernando Haddad não pode ter o carimbo do PT na testa… Então, é melhor deixar essa carimbada na testa da Gleisi?

Postado por Caio Hostilio em 29/ago/2019 - Sem Comentários

Quem merece receber a carimbada na testa “PT”?

O próprio Lula tem conhecimento de que o PT se tornou um partido detestado pela maioria dos brasileiros e que seria ruim para Haddad (o poste) brigar pela presidência do Partido, pois ele ficaria com a testa carimbada “PT”, e defendeu que a presidência do PT fique com a Gleisi, ou seja, permaneça com o carimbo “PT” em sua testa…

Em entrevista à BBC Brasil, Lula disse:

“A Gleisi é a melhor pessoa nesse momento para ser a presidenta do PT”, disse Lula. “Porque ela é corajosa, porque ela defende o PT em qualquer situação, e porque ela provou que foi uma extraordinária presidente. Eu não estou dizendo para você, eu disse para o Haddad: ‘Você não deve ser candidato a presidente do PT. Você virou uma personalidade pública nesse país. Se você entrar na presidência do PT, você vai ficar com um carimbo na testa de PT e você não vai ter a amplitude que você pensa que vai ter’.”

Lula falou ainda:

“Quando eu, nas eleições de 1989 virei muito grande, sabe o que eu fiz? Criei um instituto, saí da presidência do PT, para poder ter relações com outras pessoas. Por isso que eu acho que o Haddad não pode ser presidente do PT, porque o Haddad teve uma representação maior do que o partido. Ele precisa conversar com essa sociedade além do PT que votou nele e ele não pode estar com um carimbo do PT. Ele tem que ser uma personalidade. É simplesmente por isso que eu pedi para o Haddad não ser presidente e pedi para o partido que a Gleisi Hoffmann é a pessoa que tem mais competência hoje para ser presidente do partido.”

Impedido de entrar no Congresso, homem quebra vidraça do Senado… Mas não é a casa que representa o povo?

Postado por Caio Hostilio em 29/ago/2019 - Sem Comentários

Um homem quebrou uma vidraça de vidro da entrada principal do Senado, na chapelaria, por volta das 14h40 desta quinta-feira (29/8). Antes, ele passou por duas tentativas frustadas de entrar no Congresso, sem agendar visita. Primeiro, pela Câmara. Barrado, tentou o portão ao lado, do Senado.

De acordo com relatos de testemunhas, o homem ficou indignado pelas negativas e jogou um dos pontaletes (estrutura metálica que une as faixas entre uma Casa legislativa e a outra) na vidraça do Senado.
O barulho assustou visitantes e funcionários, que foram ver o que aconteceu. Em seguida, o homem foi levado pela Polícia Legislativa para prestar depoimento.

Hildo Rocha apoia abertura da “caixa preta” do BNDES

Postado por Caio Hostilio em 29/ago/2019 - Sem Comentários

Em pronunciamento na tribuna da Câmara, o deputado federal Hildo Rocha defendeu a realização de procedimentos investigatórios a fim de apurar possíveis irregularidades na aplicação de recursos públicos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). De acordo com o parlamentar a ‘caixa preta’ do BNDES já deveria ter sido aberta há muito tempo.

Operações inexplicáveis

Rocha enfatizou que lutou muito a fim de conseguir uma linha de financiamento para mototaxistas de todo o país. O deputado destacou que a maior parte dos mototaxistas do Maranhão estão trabalhando com veículos que tem mais de cinco anos de uso.

“Em média, o prazo máximo permitido pelas legislações municipais é de cinco anos de uso. Eu convenci o presidente Temer a abrir uma linha de crédito, por meio do BNDES, para a compra de motocicletas para os trabalhadores que vivem dessa atividade. O presidente Temer determinou a abertura da linha de crédito para os mototaxistas de todo o Brasil, mas a instituição sempre dizia que não tinha recursos. Agora que a caixa preta da instituição foi aberta, ficamos sabendo que os ricos do Brasil tiveram dinheiro do BNDES a 2,5% ao ano para comprar jatinhos e Helicópteros de luxo. Uma verdadeira farra com dinheiro do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). Os R$ 60 milhões que o BNDES emprestou a juros subsidiadas para o apresentador Luciano Huck daria para financiar os 6.500 mototaxistas do Maranhão que estavam aptos a receberem o financiamento de suas novas motocicletas. Não dá para entender que ainda tem gente que era contra abrir a ‘caixa preta’ do BNDES”, lamentou o deputado.

Prejuízo de R$ 700 bilhões

Rocha ressaltou que só com as operações para favorecer grandes empresários houve um prejuízo, aos cofres públicos, de R$ 700 bilhões de reais.

“Se já tivesse sido aberta a ‘caixa preta’ já teríamos tido acesso às informações e eu, na condições de deputado federal, representante do povo maranhense na Câmara Federal, teria ido ao BNDES cobrar atendimento aos mototaxistas. Como é que não tem dinheiro para financiar os mototaxistas, mas tem para financiar grandes empresas que conseguiram empréstimos com juros de 2,5%, com um prazo de carência exagerado como a JBS? Isso está errado, essas mamatas têm que ser mostradas. Está de parabéns o novo presidente do BNDES que eu aplaudo pela atitude também e o presidente Jair Bolsonaro que desconfiou dessas maracutaias que foram escondidas nos outros governos e determinou a averiguação” argumentou Hildo Rocha.

https://youtu.be/M7vI1NulkaQ

http://hildorocha.com.br/site/hildo-rocha-apoia-abertura-da-caixa-preta-do-bndes/

Busca no Blog