Arquivo de abril de 2020

Será que os assassinatos estão entrando no percentual do coronavírus? Assassinatos sobe 8% no Brasil

Postado por Caio Hostilio em 29/abr/2020 - Sem Comentários

Alta é causada principalmente pelos estados da região Nordeste; Ceará dobrou o número de vítimas e tem também um alto índice de mortes por coronavírus. 

De acordo com a ferramenta, houve 7.743 mortes violentas no primeiro bimestre de 2020. No mesmo período do ano passado, foram 7.195.

E o que diria o ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, sobre a alta no início deste ano que vai na contramão de 2019?

O Brasil teve cerca de 41 mil vítimas de crimes violentos no ano passado, o menor número desde 2007, ano em que o Fórum Brasileiro de Segurança Pública passou a coletar os dados.

Segundo os dados da pesquisa, 20 estados do país apresentaram alta de assassinatos e apenas sete registraram queda.

Se a pandemia vem causando um alvoroço nos sepultamentos pelo Brasil afora, imagina somado ao número de assassinatos que acontecem todos os dias no país!!!

Ganhando as páginas nacionais!!! Médico acusado de pirâmide; vítima perde R$ 7 mi e reclama em carro de som

Postado por Caio Hostilio em 29/abr/2020 - Sem Comentários

O cirurgião Abdon José Murad Junior, suspeito de fundar uma pirâmide financeira

O médico Abdon José Murad Junior, 38, é um dos cirurgiões bariátricos mais conceituados do Maranhão. Filho do presidente do CRM-MA (Conselho Regional de Medicina) do estado, de quem leva o mesmo nome, Murad Junior costuma aparecer com frequência na mídia para falar sobre obesidade.

Apesar de ter boa reputação como médico e de ser membro de uma das famílias mais tradicionais do Nordeste, envolvida não só com medicina, mas também com política, ele é investigado por ter criado uma suposta pirâmide financeira. Um de seus clientes, também médico, alega que sua família perdeu R$ 7 milhões. Cansado de cobrar uma solução, ele até alugou um carro de som para pedir o dinheiro de volta publicamente, em frente à casa de Murad, em São Luís (MA). Procurado pelo UOL, o cirurgião não comentou as acusações.

A Polícia Federal e o MPF (Ministério Público Federal) instauraram inquéritos para averiguar o suposto esquema, que prometia até 15% ao mês de lucro sobre o aporte financeiro. Como os casos correm em segredo de Justiça, os órgãos não r”As investigações seguem sob sigilo visando garantir o necessário segredo de Justiça, sob pena de comprometer ou macular o resultado da coleta de provas”, disse a PF em nota.

Advogados e investidores ouvidos pela reportagem disseram que a fraude pode beirar a casa dos R$ 300 milhões. Entre os principais lesados estão promotores, delegados, empresários, juízes e médicos, que disseram ao UOL ter acreditado no cirurgião por causa de sua reputação.

Prometia ganho de 15% ao mês, dizem clientes.

Murad Junior fundou a Abdon Murad Junior Participações e Empreendimentos, cujo nome fantasia é AMJ Participações, em novembro de 2017, conforme consulta do CNPJ da empresa na Receita Federal. Mas antes disso ele já captava recursos.

Segundo clientes, o cirurgião prometeu rendimentos de até 15% ao mês em cima de aportes financeiros. Isso seria supostamente conseguido com investimentos em fundos internacionais, Bolsa de Valores e em imóveis.

Para dar garantias, o cirurgião costuma formalizar contratos ou dar cheques com os valores prometidos. Alguns deles, com valores de R$ 470 mil, R$ 600 mil e até R$ 810 mil, foram encaminhados para a reportagem.

Os cheques, no entanto, eram sustados ou não tinham fundos, de acordo com os investidores.

Os atrasos nos pagamentos e as desculpas começaram no início de 2019. Algumas das justificativas foram problemas com supostas operações no exterior, lentidão para repatriar recursos de fora e, recentemente, coronavírus.

Família diz ter perdido R$ 7 mi e pede dinheiro em carro de som.

Um dos investidores foi o médico Hugo Sousa da Silva, 37. Junto com a família, ele disse ter investido R$ 7 milhões no negócio no ano passado, com a promessa de receber R$ 10,6 milhões de retorno. O valor seria pago em cinco parcelas. A família só conseguiu recuperar R$ 500 mil, disse Silva.

“Ninguém cai hoje em golpes de pirâmide financeira, mas o Murad Junior é médico, filho do presidente da CRM, está no topo da carreira e tem boa reputação. Ninguém iria desconfiar que ele pudesse prejudicar as pessoas”, disse Silva.

Continue lendo aqui

CCL destaca investimentos da Prefeitura de Caxias na compra de testes rápidos, EPIs e abertura de novos leitos

Postado por Caio Hostilio em 29/abr/2020 - Sem Comentários

A Prefeitura de Caxias, por meio da Comissão Central de Licitação (CCL), tem realizado esforços no sentido de garantir que os caxienses tenham todas as condições para enfrentar a covid-19. Foi o que destacou o presidente da CCL, Othon Maranhão, em participação no programa Contra Ponto, da Rádio e TV Guanaré.

O trabalho em conjunto conta com o Comitê de Prevenção e Enfrentamento ao Novo Coronavírus e diversas secretarias municipais, a exemplo da Secretaria municipal de Saúde; Segurança; Cultura, Patrimônio Histórico, Esporte, Turismo e Juventude; Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres; Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social; Secretaria Municipal de Infraestrutura; Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Defesa Civil, dentre outras.

“Todos os setores da Prefeitura de Caxias continuam trabalhando. Todos os servidores da saúde, desde o secretário até quem está na ponta, todos estão trabalhando muito. E nós que estamos acompanhando de perto temos que parabenizar. O prefeito é incansável”, afirma.

A CCL informou que a prefeitura já adquiriu, como reforço ao enfrentamento à covid-19, equipamentos de proteção individual (EPI’s); alugou um hospital particular com mais de 50 leitos que servirá como hospital de campanha; abriu edital – chamada pública – para a compra de máscaras que serão fornecidas por microempreendedores individuais e pequenas empresas; além disso, adquiriu kits de testes rápidos da covid-19 para que a população possa ser testada.

“Luvas, máscaras, aventais, álcool em gel, tudo isso o município já adquiriu e tem chegado. Às vezes tem uma certa demora porque é o mundo inteiro que está pedindo. Nós adquirimos os kits da covid-19 e, ao que sabemos, Caxias é o único município que conseguiu até agora. Então, a gente saiu na frente, e estamos mais uma vez disponibilizando o melhor que a gente pode para a população de Caxias”, afirma Othon Maranhão.

As formalizações dos processos de dispensa, observam as formalidades (TR Simplificado/Dotação Orçamentária/Cotação/Certidões), frisa Othon Maranhão. O presidente da CCL destacou ainda que atualmente a aquisição de EPIs está muito difícil em todo o país. “A dificuldade em encontrar fornecedores que tenham produtos de pronta-entrega é grande, mesmo assim o município está abastecido com luvas, máscaras de três tipos (PFF2/Tripla/N-95), aventais, entre outros. Álcool em gel 70% foi comprado por preço bem abaixo do que outros órgãos estão comprando”.

Sobre os testes rápidos da covid-19, Othon Maranhão destacou que Caxias adquiriu um número bem grande se comparado ao governo do estado. Foram adquiridos 2 mil kits de teste. Caxias foi o único município da região a adquirir por um bom preço. O estado comprou 5 mil, segundo informações do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão. Sobre a aquisição de máscaras que a prefeitura está contratando dos caxienses, foram recebidos na chamada pública 250 inscritos. Agora a prefeitura está em fase de apuração e julgamento.

“A gente publicou uma chamada pública e 250 pessoas foram inscritas. Estamos fazendo uma apuração superficial, estamos com uma oferta de mais de 200 mil máscaras. Estamos apurando, porque as pessoas físicas precisam apresentar identidade, CPF, comprovante de residência. E a pessoa jurídica deve apresentar o cartão CNPJ, comprovante de que é do município e identidade e CPF dos seus sócios”, frisa Othon Maranhão.

As medidas foram necessárias e estão em acordo com a legislação: Lei Federal 13979/2020 (06/02/2020); Lei 8.666/93; MP 926/2020 (20/03/2020); Decreto Municipal 093/2020 (20/03/2020). A CCL também restringiu a realização de licitações presenciais para evitar aglomerações.

A pedido de Weverton, CNI faz doação de 75 toneladas de alimentos para a Famem

Postado por Caio Hostilio em 28/abr/2020 - Sem Comentários

A Federação dos Municípios do Maranhão (Famem) recebeu 75 toneladas de alimentos para distribuição em municípios maranhenses, nesta terça-feira (28). As cestas básicas foram entregues pela Federação das Indústrias do Maranhão (Fiema), com o apoio do Sesi. O presidente da Famem, Erlânio Xavier, explicou que os alimentos foram doados pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) a pedido do senador weverton (PDT-MA) e serão entregues para as pessoas afetadas pelas enchentes em diversas cidades do estado.

“Precisamos unir esforços para ajudar as pessoas que, por causa das chuvas e da pandemia, estão passando necessidade”, ressaltou Weverton.

“O pedido do senador Weverton foi muito importante. Esses alimentos irão atender as famílias necessitadas, que foram atingidas pelas enchentes e pelo coronavírus”, completou Erlânio Xavier.

As cestas básicas serão distribuídas para 20 municípios, a partir de sexta-feira (1). No total, mais de 7.484 mil pessoas serão beneficiadas.

“Este é um momento de união, de juntar forças para ajudar a população do estado. Enfrentamos dois problemas muito sérios: a pandemia e as enchentes. As pessoas, que vivem em uma situação mais vulnerável, precisam de apoio. A Fiema se sente na responsabilidade de ajudar neste momento difícil”, explicou Cesar Miranda, superintendente da Fiema.

“É uma parceria fundamental em um momento em que as cidades maranhenses passam por dificuldades. Este é um período em que as entidades precisam somar forças e demonstrar que seus esforços estão voltados para o atendimento da população. É importante cada um fazer a sua parte”, finalizou o superintendente do Sesi, Diodo Lima.

Assistam ao vídeo e vejam se dá para acreditar e confiar em politiqueiros como a deputada Joice Hasselmann?

Postado por Caio Hostilio em 28/abr/2020 - Sem Comentários


São por atitudes de “políticos” feito a deputada Joice Hasselmann (PLS/SP) que a maioria esmagadora do povo não acredita na classe política brasileira.

Assim como ela, Doria governador de São Paulo,  Witzel governador do Rio, Frota ex-ator pornô foi eleito deputado federal, Major Olimpio se tornou senador por São Paulo, Caiado governador de Goiás, Delegado Waldir deputado federal, Bivar dono do PLS e tantos pelo Brasil afora utilizou o nome de Bolsonaro para se eleger.

Sabe o que se ver em tudo isso? Uma pouca vergonha e que a política é baseada na mentira, na hipocrisia, no toma lá dá cá, nos interesses pessoais, no jogo sujo pelo poder e outros definições nada democrática e sequer republicana.

A traição na política é vista com natural pelos políticos, mas para o povo é falta de caráter…

Cadê os órgãos fiscalizadores nessa farra com o dinheiro público no Covid-19? Primo de Mandetta compra máscara a R$ 89,00 a unidade…

Postado por Caio Hostilio em 28/abr/2020 - Sem Comentários

Com a dispensa de licitação as compras superfaturadas ficam cada vez mais evidentes… Já compraram espiradores de R$ 30 mil por mais de R$ 100 mil, obras milionárias de hospitais de campanha e agora vem a máscara R$ 89,00 da unidade… Esse é o não é o país da corrupção? O pior é ver isso acontecer em plena pandemia, cujos gestores adoram anunciar mortes e mais mortes e aumento do número de casos… Já até ultrapassamos o número de mortes da China!!! Não vai demorar em o Brasil ultrapassar o número de mortes dos USA!!!

A algazarra com o dinheiro público parece seguir incólume.

Em Campo Grande, capital de Mato Grosso do Sul, de acordo com o Portal de Transparência da Prefeitura Municipal, uma máscara está sendo adquirida por R$ 89,00 o valor unitário.

O prefeito da cidade é Marquinhos Trad, irmão do senador Nelsinho Trad e do deputado federal Fábio Trad e primo do ex ministro Luiz Henrique Mandetta.

Observe-se que os processos que Mandetta responde, por envolvimento em corrupção, se referem ao período em que foi secretário de saúde de Campo Grande, quando o atual senador era o prefeito. O ex ministro é réu em diversas ações, juntamente com o senador.

A prefeitura de Campo Grande precisa urgentemente esclarecer esta situação.

O valor para a compra das tais máscaras já está, inclusive, empenhado.

Um absurdo!

Marquinhos é candidato a reeleição e lidera todas as pesquisas de opinião pública.

Outro absurdo!

Por Jornal da Cidade 

Prefeito Edivaldo destina 12 unidades básicas para atendimento exclusivo de síndromes gripais e respiratórias

Postado por Caio Hostilio em 28/abr/2020 - Sem Comentários

O prefeito Edivaldo Holanda Junior segue ampliando a rede municipal de saúde para garantir atendimento durante a pandemia da Covid-19. Por meio de vídeo públicado em suas redes sociais na noite da segunda-feira (27) ele anunciou que 12 unidades básicas de saúde estão atendendo exclusivamente pacientes com síndromes respiratórias e gripais leves e que estão implantados 120 novos leitos clínicos na rede municipal entre outras medidas que reforçam o sistema de saúde da capital durante esta crise sanitária.

“Estamos trabalhando para implantar 120 leitos clínicos na rede municipal. Também preparamos uma ala exclusiva em hospital municipal para atender crianças com a doença. A partir desta segunda-feira, 12 unidades básicas de saúde de São Luís começaram a atender exclusivamente pacientes com síndromes gripais e respiratórias leves”, disse em vídeo.

A assistência aos pacientes será reforçado com a aquisição de uma nova Unidade de Suporte Avançado para o Samu da capital e para garantir a segurança de todos os profissionais de saúde que estão na linha de frente de combate à Covid-19 foi feita a aquisição de EPIs, evitando o risco de desabastecimento da cidade.

Edivaldo destacou que já são mais de 40 dias de esforços e investimentos na preparação da rede municipal de saúde para garantir assistência às pessoas com maior vulnerabilidade à Covid-19 e que este trabalho vai seguir até que a crise sanitária seja superada.

Neto Evangelista apresenta indicação que beneficia profissionais da segurança pública

Postado por Caio Hostilio em 28/abr/2020 - Sem Comentários

Diante da pandemia da covid-19 e da alta exposição ao contágio, o deputado estadual Neto Evangelista (DEM) apresentou na última semana indicação ao governo do estado para que sejam garantidos aos profissionais da segurança pública kits de proteção para uso contínuo, bem como protocolos de atendimento dos cidadãos e de permanente higienização dos equipamentos de uso comum.
Assim como os profissionais de saúde, que estão na linha de frente no combate ao novo coronavírus, os agentes de segurança pública também desempenham papel fundamental nesses tempos de pandemia.
“Os policiais militares e civis, e os bombeiros militares, continuam protegendo os cidadãos e coibindo a violência, como também atuam em barreiras de fiscalização nas ruas, nas praias ou nos transportes públicos, ajudando e orientando a população”, justificou o parlamentar.
Evangelista destacou que a Assembleia Legislativa aprovou, ontem (26), Projeto de Lei que autoriza o Poder Executivo a abrir crédito especial de R$ 22.045.217,00 (vinte e dois milhões, quarenta e cinco mil e duzentos e dezessete reais) ao Fundo Estadual de Segurança Pública e Defesa Social (FES).
“São recursos que chegam no momento certo para ajudar na aquisição de EPI’s para esses trabalhadores, garantindo a segurança necessária a esses guerreiros e guerreiras que estão à serviço do bem-estar da nossa coletividade. Vamos garantir segurança a quem nos dá segurança”, concluiu Neto Evangelista.

Deputado Zé Gentil dialoga com colegas de parlamento por aprovação do decreto de calamidade pública em Caxias

Postado por Caio Hostilio em 28/abr/2020 - Sem Comentários

Zé Gentil tem participado de todas as sessões remotas realizadas pela Assembleia Legislativa durante a pandemia

A Assembleia Legislativa do Maranhão votará nessa quarta-feira (29) o decreto de calamidade pública assinado pelo prefeito de Caxias, Fábio Gentil, com o intuito de agilizar as ações no âmbito administrativo para melhor atender a população durante a pandemia de Covid-19. Visando obter apoio da Casa à aprovação do decreto, que, por lei, deve ser submetido à apreciação do parlamento estadual, o deputado Zé Gentil vem dialogando intensamente com colegas, esforço que tende a se reverter em alento aos caxienses neste momento de grave emergência em saúde pública.

“Estou solidário ao prefeito pela aprovação do decreto. Por isso, venho mantendo um diálogo franco com meus pares, expondo a importância desse dispositivo legal para viabilizar ações mais céleres e efetivas no enfrentamento ao novo coronavírus em Caxias”, salientou Zé Gentil.

O deputado reiterou o seu empenho, ao lado do prefeito Fábio Gentil, para combater o vírus na Princesa do Sertão, que registra, até o momento, 15 casos confirmados da doença, em seis bairros, sem nenhum óbito.

Do blog do Daniel Matos

Enquanto até esclerosado (FHC) esperneia, novo ministro da Justiça e elogiado e delegados PF dizem respeitar Ramagem, além de aplausos a Levi na AGU…

Postado por Caio Hostilio em 28/abr/2020 - Sem Comentários

O que se ver são politiqueiros, politiqueiros esclerosado e a mídia viciada em dinheiros público espernear e não aceitarem uma popularidade gigantesca do atual presidente da República, ainda mais depois da maior carreata vista no Brasil no último domingo em Brasília. 

Barroso e Mendonça

O Ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Luís Roberto Barroso defendeu o profissionalismo do novo ministro da Justiça, André Mendonça. “O Dr. André Mendonça teve um desempenho admirável na AGU. Íntegro, elegante e preparado. Desejo a ele toda sorte na nova missão”, comentou o Ministro.

Bolsonaro anunciou oficialmente na madrugada desta terça-feira (28) o advogado André Luiz Mendonça, atual titular da Advocacia-Geral da União como novo ministro da Justiça. Também foi confirmado que Alexandre Ramagem, atual diretor da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) como diretor-geral da Polícia Federal (PF) e Jose Levi Mello do Amaral Júnior assume o cargo de Advogado-Geral da União.

A Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) informou por meio de nota que o delegado Alexandre Ramagem tem o respeito da categoria, e que a entidade vê com “tranquilidade” tanto a nomeação dele quanto do novo ministro da Justiça, André Mendonça.

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

PUBLICIDADE

Busca no Blog

Arquivos