Tá difícil de entender??? Eleitores preferem candidatos com pautas sobre saúde, educação e geração de emprego e renda por consequência do covid-19

Publicado em   22/out/2020
por  Caio Hostilio

A menos de 30 dias do 1º turno das eleições municipais, pesquisa do Instituto Locomotiva, em parceria com a escola de formação política RenovaBR, mostra que a maioria dos eleitores brasileiros está mais interessada em candidatos a prefeito com pautas voltadas para a saúde, educação e ao combate à covid-19, com propostas em geração de emprego e renda.

O levantamento (íntegra – 2 MB) foi realizado de 31 de julho e 7 de agosto. Foram entrevistadas 2.500 pessoas com 16 anos ou mais, homens e mulheres, das classes A, B, C e D. A amostra abrange 72 cidades de todas as 27 unidades da Federação.

De acordo com a pesquisa, para 16% dos eleitores, a prioridade dos gestores e vereadores deveria ser a saúde. Já para 12%, as medidas de combate à covid-19. Outros 9% acham que a educação deveria ter mais atenção.

“A pesquisa ajuda a entender melhor os anseios e as demandas da população brasileira. Não surpreende que a saúde e o combate à covid-19 apareçam no topo da lista. Mas chama a atenção que, mesmo diante da gravidade da crise que vivemos, a preocupação com a educação supere até mesmo temas econômicos. A população parece entender que não existe caminho para 1 Brasil diferente sem passar pela educação, pela qualificação e pelo respeito ao conhecimento”, diz Eduardo Mufarej, fundador do RenovaBR.

O levantamento também indagou os eleitores sobre como avaliam áreas de atuação da prefeitura atualmente.

Eis as áreas com maior percentual de “piorou muito”:

  • situação dos moradores de rua – 30%;
  • combate à corrupção – 28%;
  • criação de emprego – 22%;
  • fiscalização de ações da prefeitura – 20%;
  • transporte público – 20%;
  • conservação das vias para pedestres – 19%;
  • saúde – 18%.

Eis as  áreas com maior percentual de “melhorou 1 pouco”:

  • deslocamento pela cidade – 27%;
  • recapeamento das vias e organização do trânsito – 24%;
  • educação – 23%;
  • segurança – 23%;
  • saúde – 23%;
  • conservação de espaços públicos – 22%.

CONHECIMENTO SOBRE VEREADOR

O levantamento mostra ainda que 35% dos brasileiros acham que o cargo de vereador é relevante, mas não entendem bem sobre a função e sua importância.

Outros 27% acham o cargo relevante, têm conhecimento sobre a função, mas não dá muita importância. Já 22% acham o cargo relevante, mas não mais que cargos do Executivo e 16% acham o cargo irrelevante.

O desafio é grande não apenas para os atuais mandatários que concorrem à reeleição, mas, principalmente, para quem busca uma vaga no legislativo municipal. Apesar da maioria acreditar que o cargo de vereador tem relevância, apenas 1/3 conhece 1 vereador de sua cidade e só 20% se lembram em quem votaram na última eleição municipal, em 2016.

  Publicado em: Política

Deixe uma resposta

Busca no Blog