Uma molecagem a CPI dos corruptos!!! Presidente retira sua presepada sobre prescrição média, Relator leva puxão de orelha de israelitas e médica nega ordem de Bolsonaro sobre cloroquina…

Publicado em   25/maio/2021
por  Caio Hostilio

Politiqueiro e corrupto contumaz, o presidente da CPI da Pandemia, Omar Aziz (PSD-AM), disse durante a sessão desta terça-feira (25) que pediu a retirada de seu projeto que criminaliza a recomendação de medicamentos ainda sem comprovação científica (PL 1.912/2021). O senador disse que recebeu críticas de médicos. Senado não é lugar de patacoadas e molecagem…

Já  a Confederação Israelita do Brasil (Conib) repudiou a fala do corrupto Renan Calheiros sobre o holocausto durante a CPI da Covid no Senado Federal. Em nota, a Conib esclareceu se tratar de mais uma comparação “completamente indevida do momento atual com os trágicos episódios do nazismo que culminaram no extermínio de 6 milhões de judeus no Holocausto. Essas comparações, muitas vezes com fins políticos, são um desrespeito à memória das vítimas do Holocausto e de seus descendentes.”… Esse corrupto nunca deixou de fazer politicalhas.

Para desespero dos membros da CPI dos corruptos, a secretária da Gestão do Trabalho e Educação na Saúde do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro em um questionamento do corrupto Renan Calheiros, que queria porque queria a resposta “Bolsonaro”,  disse “nunca” recebi ordem sobre uso de medicamentos. ‘Nunca recebi ordens e a indicação desses medicamentos não é iniciativa minha pessoal’, disse a secretária. Mayra Pinheiro disse que a Saúde nunca recomendou medicamentos. “Nós estabelecemos doses seguras para que médicos brasileiros pudessem utilizar esses medicamentos com o consentimento dos seus pacientes”.

Ai corrupto Renan Calheiros questionou sobre o motivo pelo qual o governo não teria seguido as orientações da OMS sobre a cloroquina, a médica Mayra Pinheiro criticou posturas adotadas pela organização durante a pandemia e que o Brasil não é obrigado a seguir a OMS. “Brasil não é obrigado a seguir orientações da OMS, se assim fizéssemos teríamos falhado, assim como OMS falhou várias vezes”, disse ela.

  Publicado em: Política

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

PUBLICIDADE

Busca no Blog

Arquivos