Brasil assume comando das articulações para a derrubada do ditador Maduro

Postado por Caio Hostilio em 17/jan/2019 - Sem Comentários

 O chanceler Ernesto de Araújo receberá opositores do ditador venezuelano Nicolás Maduro para definir uma articulação conjunta contra o regime ditatorial da Venezuela.

O encontro ocorre nesta quinta-feira (17), e contará com a presença de Antonio Ledezma, ex-prefeito de Caracas, Julio Borges, ex-presidente da Assembleia Nacional, Carlos Vecchio, dirigente do partido oposicionista Vontade Popular, e Miguél Ángel Martin, presidente do Tribunal Supremo de Justiça, que hoje atua no exílio.

Uma das possibilidades para que o regime de Maduro finalmente termine, se dá pelo TSJ nomeando um “presidente encarregado”. O nome mais provável para assumir esse posto é do atual presidente da Assembleia Nacional, Juan Guaidó.

Publicidade

Busca no Blog