Por que aqui no Maranhão não se debate as responsabilidades das esferas governamentais???

Publicado em   25/set/2013
por  Caio Hostilio

Muitos dos meus textos não são escritos para os leitores do Maranhão, visto que escrevo para o portal do Luis Nassif e JB. Contudo, publico aqui nesse espaço para que as pessoas possam debater aquilo que realmente precisa ser mudado a nível nacional.

Ontem (24), postei o artigo “Por que federalizar ou quiçá estadualizar a saúde e a educação?”, cuja preocupação por esse assunto é imensa, coisa debatida muito pelo senador Cristovam Buarque.

O artigo foi postado nesse espaço, porém não chamou a atenção dos maranhenses, mas sua postagem no Portal de Luis Nassif e em outros sites do eixo Rio/São Paulo/Minas/Brasília, tiveram debates sobre o assunto.

Mas um comentário me chamou muito a atenção e resolvi reproduzi-lo, visto que o autor usou da ironia para falar sobre o assunto:

Comentário de Cirstovam Nunes

Hostilio,

No Brasil tudo parece piada. E, a instrução escolar não pode ser dispensada desta prática. Sei que está colocando no texto uma das coisas mais sérias a que as administrações, em todos os níveis, deveriam considerar com apreço e seriedade. Mas, me permita enveredar pelo lado cômico que melhor representa o status da instrução no país.

ATENÇÃO, ISTO A SEGUIR É UMA ALEGORIA.

5audiencia2012ce-300x174Num certo município brasileiro houve uma inspeção do MEC. O inspetor chegou a cidade e foi direto a uma escola, se apresentou e pediu a diretora para fazer um teste rápido com os alunos, teste oral. Por achar a diretora muito gentil e de bom tratamento, lhe propôs alguma coisa simples e perguntou: estamos na sala do terceiro ano do ginásio diretora?

– Sim, respondeu a diretora

Diretora, então me diga qual aluno é considerado mais inteligente da classe

– Olha inspetor, sem dúvida é o Pedrinho

pois muito bem!, Pedrinho, quem colocou fogo em Roma?

– O menino olhou para um lado e pro outro, coçou a cabeça, olhou para diretora como que pedindo socorro, como todos estavam a olhá-lo como se esperasse sua resposta, ele começou a chorar e declarou, meu senhor eu juro que não fui eu.

O inspetor meio atônito olhou para diretora e ela sem entender o que tinha ocorrido não titubeou

– Seu inspetor, veja bem, eu conheço o Pedrinho desde de criança, ele é muito danado, mas não mente, se disse que não foi ele, não foi mesmo.

O inspetor não quis esticar o assunto e se dirigiu a prefeitura, chegando lá se identificou e pediu para falar com o prefeito, diante deste mencionou o ocorrido e ameaçou o prefeito de cortar os recursos caso a diretora continuasse a frente da escola,

– Inspetor, o que eu vou fazer, a diretora é filha de um grande companheiro, bom cabo eleitoral, militante de primeira…

o inspetor, irredutível continuo a afirmar sua decisão de lhe cortar os recursos do ministério e já ia se despedindo quando o prefeito riu e

– Seu inspetor, nós vamos resolver as coisa por aqui mesmo, não precisa o senhor levar isto pro ministério, seja lá quem tenha feito isto, diga aí qual foi o prejuízo, que nós mandamos empenhar a despesas e acertamos tudo por conta da prefeitura.

Nós podemos rir, mas as coisas não andam muito diferentes. Hoje, muitos  alunos do sétimo e oitavo ano do ensino básico não são capazes de ler um texto simples, não dominam as operações matemáticas básicas, não sabem ler um mapa, desconhecem a historia do município onde mora. E, o pior, quando se analisa o quadro dos municípios, o improviso é o que impera administrativamente. A maior preocupação dos vereadores e do próprio prefeito é colocar pessoas que não sejam da oposição na direção da escola e cuidar de dar comida as crianças. A instrução fica relegada a plano secundário.

Falou…

  Publicado em: Governo

2 comentários para Por que aqui no Maranhão não se debate as responsabilidades das esferas governamentais???

  1. ImAxpere disse:

    O blog pode até discutir problemas de todas as esferas do poder público.
    Mas continua sendo o blog da santa ignorância.
    Até quando?
    Poticalhada sempre vai ter porque tu é politiqueiro também. Não esqueça disso.

    • Caio Hostilio disse:

      KKKKKKKKKKKKKKKK… Camarada, você não ler meus textos!!! Sempre afirmei aqui que a minha espécie é hipócrita, imoral, safada e canalha… Logo, fica claro que faço parte de uma espécie que consegue, entre todas, ser amiga de sua própria presa!!! Eu sempre disse ser imoral, pois sei que a minha espécie é imoral até em pensamento. Não se engane com os seres humanos!!! rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs

Deixe uma resposta para Caio Hostilio Cancelar resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

PUBLICIDADE

Busca no Blog

Arquivos