Apenas para mensurar!!!

Publicado em   27/dez/2013
por  Caio Hostilio

A irracionalidade continua acima da racionalidade para os seres humanos…

sem-ideia121Esse artigo eu fiz no dia 26 de maio de 2012 e aqui nesse espaço foi publicado. Mensurem as palavras ditas e veja o que aconteceu exatamente nos últimos dias no Brasil… Assim agem os homens, mesmo que se escondam por trás de uma racionalidade duvidosa, pois quem consegue se tornar amigo de sua própria presa é capaz dos maiores atos de irracionalidade.

Passei a me questionar o porquê dos seres humanos serem ligados tanto às coisas materiais e menospreza as que são verdadeiramente importantes? Pensei… Pensei e cheguei à conclusão que na ânsia de ter, o homem esquece-se de ser e se não é, nunca será!!!

Com a onda crescente da criminalidade, voltei a questionar: O homem é de fato racional? Por incrível que pareça, voltei a perceber que somente o homem mata a si mesmo e o seu semelhante por motivos banais.

O certo é que volto a afirmar que o ser humano tem a capacidade de imitar tudo que não presta e gostar de tudo que é proibido. O mundo atual, a relação entre as pessoas, nos faz questionar o porquê de tanto conflito, especialmente quando isso de alguma forma nos afeta.

E olhando mais de perto, vemos que os problemas são sempre os mesmos. Fazendo uma reflexão, perceberemos que quando chegamos ao mundo, os problemas já existiam; apenas vivenciados por outros que viveram antes de nós; as mesmas questões, repassadas de geração em geração, como uma herança genética, se podemos admitir que exista uma genética social capaz de se reciclar ao longo do tempo.

A irracionalidade do homem o leva a destruição de patrimônios públicos e muitas outras selvagerias que comete. O certo é que o próprio homem vem sofrendo horrores com a incapacidade de muitos de seus semelhantes não conseguirem fazer o bem e seguir uma conduta condizente com a tão arrogada racionalidade de sua espécie.

O mais interessante é que essa relação irracional do homem contra seu semelhante tem sido marcada por uma razão-e-proporção absurda e contraditória. Ao invés de “civilizado”, os homem recrudesceu os maus instintos de seus semelhantes, tanto individual como coletivamente.

Com isso, a selvageria continua e o crescimento da criminalidade, das corrupções, do jogo pelo poder e a briga pelo capital fácil, nos leva a fazer uma reflexão profunda.

Na verdade, uma combinação de expansionismo urbano representou para um câncer em metástase da criminalidade e da selvageria generalizada. Por outro lado, o homem passou a ter acesso mais fácil às informações, principalmente os televisivos. Com isso, os imitadores da prática brutal irracional seguem o mesmo caminho, coisa que nem mesmo os mais ferozes animais carnívoros da fauna terráquea são capazes de manifestar.

É irônico ver que uma espécie dita racional, o homem, em seu modo mais “civilizado” precisar de grades e aparatos para não cometer os atos mais bestiais e irracionais possíveis contra o próprio semelhante.

A racionalidade até acata que o ser humano mate seu semelhante apenas por legítima defesa, mas isso em última estância…

  Publicado em: Governo

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

PUBLICIDADE

Busca no Blog

Arquivos