Então, no Brasil a quantidade era bem maior!!! Dos 705 médicos cubanos na Bolívia, só 205 tinham diploma

Publicado em   28/nov/2019
por  Caio Hostilio

O ministro da Saúde da Bolívia, Anibal Cruz, disse hoje que apenas 205 dos 702 colaboradores cubanos que estavam em seu país tinham diploma de médico.

“De cada três cubanos em missão na Bolívia, dois faziam outros serviços, como dirigir veículos e realizar ‘trabalhos técnicos’.

  Publicado em: Política

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

PUBLICIDADE

Busca no Blog

Arquivos