Seria dois pesos e duas medidas??? Enquanto desembargador indicado por Lula vota a favor da cassação de Moro, a Justiça Federal manda suspender 6 processos contra o Lulinha

Publicado em   03/abr/2024
por  Caio Hostilio

O desembargador indicado de Lula,  José Rodrigo Sade, divergiu do relator e disse que o ex-juiz se beneficiou da sua pré-campanha à Presidência pelo Podemos. Ele foi indicado ao cargo pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), em uma nomeação oficializada em fevereiro. Segundo Sade, a “magnitude dos gastos realizados” no período que antecedeu a disputa presidencial provocou “abalo na campanha pelo Senado”, que Moro veio a fazer depois pelo União Brasil.

A Justiça Federal do Distrito Federal determinou a suspensão de seis processos da Receita Federal contra Fábio Luís Lula da Silva, mais conhecido como “Lulinha”, o filho mais velho do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Os processos contra Lulinha são relativos à Operação Lava Jato. A decisão foi publicada na terça-feira (26).

Afinal, qual foi o parâmetro jurídico utilizado pela Justiça para se basear nesses dois casos?

  Publicado em: Política

Deixe uma resposta

Contatos

hostiliocaio@hotmail.com

Rede Brasil ST

Busca no Blog

Arquivos