Vergonha internacional: TV Venezuelana usa discurso de Gleisi para acobertar farsa (Veja o Vídeo)

Publicado em   16/jan/2019
por  Caio Hostilio

 A TV Venezuelana está explorando ao máximo o discurso da presidente do PT Gleisi Hoffmann, no evento que marcou a posse do tirano Nicolas Maduro para um novo mandato, absolutamente ilegítimo, repudiado pela comunidade internacional.

Gleisi foi saudada pelo próprio Maduro, que lhe pediu que se manifestasse.

Infame, a petista mentiu com extrema desfaçatez, fez considerações negativas ao governo brasileiro e teceu loas a ditadura venezuelana. Pura pilantragem, criticada inclusive por inúmeros membros da esquerda brasileira e, até mesmo, do próprio PT.

A divulgação a exaustão do discurso de Gleisi pelo governo venezuelano se explica pela carência da presença de personalidades de outros países na posse do tirano.

Ademais, o discurso planejado da parlamentar brasileira, vai ao encontro da grande farsa que representa a eleição do impostor.

Veja o vídeo:

 

  Publicado em: Governo

Para proteger os criminosos, PSOL irá tentar derrubar o decreto que permite armas aos cidadãos de bem

Publicado em   16/jan/2019
por  Caio Hostilio

 Após Jair Bolsonaro assinar o decreto que flexibiliza a posse de armas para os cidadãos, o PSOL declarou que não vai aceitar.

O partido anunciou que vai apresentar um projeto de decreto legislativo para barrar os pontos do decreto presidencial.

O partido socialista, no entanto, não especificou que pontos serão atacados.

Informação dO Antagonista.

  Publicado em: Governo

Prefeito Edivaldo confirma avanços no atendimento da Cemarc em mais uma visita ao local

Publicado em   16/jan/2019
por  Caio Hostilio

Diminuição expressiva das filas e maior agilidade e conforto para quem busca consultas e exames na rede municipal são algumas das conquistas da gestão do prefeito Edivaldo para a área da saúde com os investimentos feitos na Central de Marcação de Consultas e Exames

Prefeito Edivaldo retorna à Cemarc seis meses após implantação do novo sistema e constata avançosA modernização e melhoria do atendimento promovidas pela gestão do prefeito Edivaldo na Central de Marcação de Consultas e Exames (Cemarc) tem proporcionado mais agilidade aos serviços de saúde da capital e, como uma das consequências, promovido o bem-estar da população. Para constatar o processo de mudança na Cemarc o prefeito Edivaldo Holanda Júnior tem empreendido uma série de visitas ao local com o objetivo de conversar com as pessoas que usam o serviço e ver de perto o funcionamento do órgão ligado à Secretaria Municipal de Saúde (Semus). Nesta quarta-feira (16), o gestor voltou à Cemarc seis meses após à implantação da nova sistemática de agendamentos que teve como principal resultado a redução das filas no local. Com as melhorias realizadas pela Prefeitura foi triplicada a oferta disponibilizada nas unidades que passou de 6.500 para cerca de 19 mil atendimentos mês.

“Estamos voltando à Cemarc em mais uma visita de rotina para acompanhar de perto o trabalho realizado no setor, porque essa é uma característica da nossa gestão: estar perto da comunidade, vistoriar os serviços, corrigir os rumos que devem ser seguidos e, também, observar os acertos. E acertos é o que podemos verificar aqui na Central de Marcação de Consultas e Exames, que vive hoje uma nova realidade”, destacou o prefeito que esteve acompanhado pela primeira-dama, Camila Holanda, do vice-prefeito Julio Pinheiro e do secretario municipal de Saúde, Lula Fylho.

Neste novo momento, o agendamento de consultas e procedimento são feitos diariamente e não mais apenas na primeira semana de cada mês como era anteriormente. De acordo com dados da Semus, a Cemarc fechou o ano de 2018 com mais de 2 milhões atendimentos ofertados na rede municipal de saúde. “Conseguimos fazer com que o serviço funcionasse e avançasse. Vir aqui e não ver mais aquela situação indigna das pessoas esperando atendimento em longas filas ou dormindo no local para conseguir agendamento de serviço é, realmente, motivo de muita alegria para todos nós”, completou Edivaldo.

O titular da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), Lula Fylho, avaliou as melhorias estruturais e de gestão executadas no setor como cruciais para os resultados hoje alcançados pela Cemarc, que registrou um aumento de mais de 80% na oferta de especialidades médicas como ortopedia, por exemplo, que passou de 80 consultas/mês para cerca de 600 consultas/mês, um número considerado extremamente significativo e que denota a mudança no setor de modo geral. Com as mudanças efetivadas, o atendimento aumentou de 6 mil, em agosto de 2017, para cerca de 19 mil consultas e procedimentos agendadas, triplicando o atendimento para as especialidades médicas na rede municipal de saúde.

“A orientação do prefeito Edivaldo é para darmos atenção especial à Central de Marcação de Consultas e Exames, um dos gargalos no setor da saúde que deveriam ser enfrentados com maior diligência. E foi o que fizemos. Mudamos a sistemática de agendamento, que passou a ser diário; aumentamos a oferta de serviços e disponibilizamos novos procedimentos que não eram realizados antes na rede, como arteriografia, ecodoplercardiograma e cateterismo, por exemplo. Com todas essas melhorias implementadas, ofertamos hoje um atendimento muito mais rápido e humanizado, porque as pessoas não precisam mais dormir no local, nem ficar em longas filas para agendar sua consulta ou exames médicos”, observou Lula Fylho.

Ainda conforme o secretário, com a mudança de estratégia no atendimento, houve redução significativa também do tempo de espera por atendimento. Uma ressonância, por exemplo, que antes tinha um tempo de espera de até seis meses para ser realizado, hoje o mesmo exame é feito num espaço de 30 dias, após o agendamento. O mesmo é observado com os exames de tomografia, que hoje são feitos em no máximo 10 dias após sua marcação.

O titular da Semus informou ainda que um grupo de trabalho foi instituído para analisar o desenvolvimento do serviço no setor, traçar as metas e implementar as ações com vistas a garantia da excelência no atendimento. O último balanço realizado na área aponta também que todos os procedimentos de saúde ofertados na rede tiveram crescimento significativo, atendendo ao planejamento no qual foram mapeadas 41 intervenções discutidas em reuniões semanais por esse grupo de trabalho e implementadas uma a uma.

REESTRUTURAÇÃO

Com a reestruturação da sistemática de agendamento, que proporcionou uma dinâmica muito mais eficaz para a marcação de procedimentos médicos especializados, o município conseguiu também outros feitos nunca antes observados, como aumentar o número de vagas para exames de alta complexidade e zerar as filas para alguns procedimentos. A fila para marcação de exames de ressonância magnética, tomografia, cintilografia e densitometria, por exemplo, é uma delas.

A mudança na sistemática de atendimento também passou a ofertar outros procedimentos que não eram disponibilizados na rede e ampliou a oferta de exames realizados em convênio com o Hospital Universitário (HUUFMA), entre eles estão cateterismo, arteriografia, ecodoplercardiograma, broncoscopia, radiologia e outros. Com isso, o numero de exames dessas especialidades passou de 1.016, em janeiro, para 1.858, em junho.

DESISTÊNCIAS

Com o aumento da oferta de vagas, a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) observou também um número maior de desistência das consultas, ou seja, as pessoas marcam a consulta ou o exame, mas não comparecem ao local para realizá-lo e nem informam à Central sobre sua desistência.

Com a elevação do quantitativo de pessoa que desistem do atendimento, Lula Fylho destacou que essa situação pode ser atribuída a diversos fatores, inclusive ao fato de que, hoje, as pessoas têm maior facilidade para marcar os procedimentos que deseja, já que não precisa mais pegar senha, nem esperar nas longas filas. Entretanto, é uma situação que vai ser trabalhada com a conscientização da população sobre os transtornos causados às demais pessoas que também precisam do atendimento.

“Invertemos o jogo e a nossa luta agora é combater o número de ausências aos atendimentos. As pessoas marcam e não comparecem, ocupando o lugar de quem poderia está realmente precisando do procedimento. Só para tomografia registramos uma desistência em torno de 40 % de faltas do paciente. Precisamos combater isso sensibilizando a população para que marque os exames realmente dentro das suas necessidades e que compareçam aos locais de atendimento quando agendarem”, concluiu Lula Fylho.

De acordo com o secretário, foi de aproximadamente 55% o número de faltas dos pacientes aos atendimentos agendados, inclusive para exames especiais como ressonância, por exemplo.

MODERNIZAÇÃO

A modernização e melhoria do atendimento na Cemarc é mais uma ação desenvolvida pela Prefeitura de São Luís, por orientação do prefeito Edivaldo. O processo de mudança na Cemarc teve início em agosto de 2017, quando foi iniciado o mapeamento das necessidades e dos problemas para compreensão do fluxo de marcação.

Com organização e planejamento, o município tem registrado sobra de vagas em torno de 60% dos procedimentos disponíveis, entre estes estão exames de raio x, broncoscopia e cirurgia torácica, por exemplo.

Entre as especialidades médicas que podem ser agendadas diariamente na Cemarc estão mastologia, proctologia, hematologia, nefrologia, oncologia infantil, gastropediatria, urologia, neurocirurgia, cirurgia geral, cirurgia torácica, cirurgia pediátrica, cirurgia do aparelho digestivo, oftalmologia, nutrição, dermatologia, odontologia entre outras especialidades. Na Cemarc da Alemanha, que realiza somente agendamentos prioritários, o atendimento é feito das 8h às 17h. Já nos demais pontos de marcação localizados na cidade, o atendimento é feito das 7h às 13h.

A melhoria do atendimento no setor é comemorado pela população com a reestruturação da Cemarc. O aposentado Amós da Liberdade Rêgo, 75 anos, anos, esteve pela manhã na Cemarc e conseguiu agendar o ecocardiograma prescrito periodicamente por seu médico, após ter sofrido uma parada cardíaca. “Não há comparação o atendimento atual com o que vivenciarmos anteriormente aqui. Além do aumento de vagas em várias especialidades, tem muito mais atendente no setor, fazendo com que percamos menos tempo esperando pelo agendamento”, disse ele.

O agendamento diário foi pontuado pela dona de casa Míriam Freitas, 65 anos, como o aspecto mais positivo entre as mudanças adotadas pela Prefeitura na Cemarc. “Eu conheci bem o transtorno de antes pois várias vezes tive que dormir na fila para conseguir uma consulta. Hoje venho aqui e agendo todo o atendimento que preciso com muita tranquilidade e rapidez. A mudança foi, com certeza, para muito melhor em todos os aspectos”, disse ela.

A dona de casa Maria Piedade dos Santos, 59 anos, também enalteceu as melhorias proporcionadas ao setor. “Agora ficou tudo mais rápido. Consegui agendar facilmente meus exames para próxima semana. Antes a gente esperava vários meses para conseguir marcar, o que era transtorno pois doença não espera. Com certeza melhorou bastante o atendimento aqui”, concluiu ela.

  Publicado em: Governo

Aprovação do projeto de reforma tributária, na Comissão Especial, foi uma proeza de Hildo Rocha, afirma Hauly

Publicado em   16/jan/2019
por  Caio Hostilio

Há décadas discutia-se na Câmara dos Deputados a necessidade de se aprimorar o Sistema Tributário Brasileiro. Por diversas vezes tentou-se pautar o tema. Mas a discussão nunca avançou. Isso só mudou a partir do momento em que o deputado federal Hildo Rocha puxou para si a tarefa de conduzir os debates acerca do tema.

A questão tinha tudo para novamente cair no esquecimento. Mas, desta vez foi diferente. Prevaleceu a força de vontade, de Hildo Rocha, a persistência, a capacidade técnica e a imprescindível habilidade demonstrada pelo parlamentar no articulação que culminou na aprovação do relatório do deputado Luiz Carlos Hauly (PSDB/PR).

Breve histórico

No início do ano de 2015 foi criada uma comissão especial de altos estudos pela Câmara Federal com a finalidade de apresentar uma Proposta de Emenda à Constituição Federal (PEC) para modernizar o Sistema Tributário Brasileiro. Hildo Rocha foi eleito, pelos deputados, presidente daquele colegiado. Naquela ocasião, Rocha designou o deputado André Moura para ser o relator.

Após a ascensão do relator ao cargo de Líder do Governo no Congresso Nacional, o presidente da Comissão, deputado Hildo Rocha resolveu  designar o deputado Luís Carlos Hauly, relator da Comissão de Estudos.

Após o fim dos estudos realizados pela comissão, o relatório foi apresentado pelo deputado Hauly e aprovado. Em seguida foi criada a Comissão Especial da Reforma Tributária (PEC 293/04) para analisar e deliberar sobre a PEC proposta pela Comissão de Estudos. O deputado Hildo Rocha se candidatou a presidente da nova comissão e foi eleito por unanimidade dos deputados.

“Depois de quatro anos de trabalho conseguimos aprovar o mais importante projeto de Reforma Tributária do Brasil. Está prontinho para ser votado no plenário. Enfrentamos todas as adversidades e você, Hildo, com a sua capacidade técnica, sempre solidário e competente conseguiu essa proeza”, declarou Hauly.

Dedicação à causa

Desde que assumiu o mandato Hildo Rocha vem trabalhando para apresentar um projeto de mudança no sistema tributário nacional que acabe com a regressividade, que permite alto grau de injustiça tributária; que simplifique o sistema, para facilitar o recolhimento dos tributos e que diminua o custo do recolhimento por parte das empresas, contribuindo assim para a redução dos custos da produção.

Continuidade

O relator agradeceu por ter sido designado por Hildo Rocha, para ser o relator do projeto, e disse que o parlamentar maranhense dará continuidade ao trabalho. “Agradeço a você, Hildo, obrigado mesmo, de coração. Que Deus sempre te abençoe. Você vai dar continuidade a esse trabalho da reforma tributária, com o Presidente Bolsonaro, com os novos presidentes da Câmara do Senado. Não podemos desperdiçar essa grande oportunidade”, disse o relator.

Articulação

Hildo Rocha informou que já solicitou, ao Chefe da Casa Civil, audiência com o Presidente Jair Bolsonaro. “Vou apresentar ao presidente essa proposta que já está aprovada na Comissão Especial. Entendo que pode até haver pequenas modificações mas, o trabalho que Hauly fez  é esplendoroso. Portanto, nós não podemos deixar de aproveitar esse trabalho porque eu tenho certeza que com esse sistema implantado o Brasil vai voltar a crescer como crescia na década de 70 e início de 80, período conhecido como o do Milagre Econômico”, afiançou o deputado.

https://youtu.be/r1B1kFIPUKE

  Publicado em: Governo

Fábio Gentil discute com presidente da Emap projeto de instalação de porto seco em Caxias

Publicado em   16/jan/2019
por  Caio Hostilio

Fábio Gentil foi recebido por Ted Lago (ao centro) para discutir projeto do porto seco em Caxias

O prefeito de Caxias, Fábio Gentil (PRB), esteve reunido, na manhã desta quarta-feira, 16 de janeiro, com o presidente da Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap), Ted Lago, que gerencia o Porto do Itaqui, em São Luís. Na pauta da reunião, a implantação do porto seco em Caxias, um projeto ousado, de iniciativa da gestão de Fábio Gentil, que gerará centenas de empregos e colocará o município na rota do desenvolvimento mundial.

Entenda o que é porto seco:

Porto seco ou estação aduaneira interior (Eadi) é um terminal intermodal terrestre diretamente ligado por estrada e/ou via férrea e/ou até aérea, sendo um depósito alfandegado localizado na zona secundária (fora do porto organizado), geralmente no interior. Recebe as cargas ainda consolidadas, podendo nacionalizá-las de imediato ou trabalhar como entreposto aduaneiro. Dessa forma, o porto seco armazena a mercadoria do importador pelo período que este desejar, em regime de suspensão de impostos, podendo fazer a nacionalização fracionada.

Na reunião, o presidente da Emap mostrou-se muito interessado em contribuir para a elaboração do projeto que implantará o porto seco na cidade de Caxias.

O prefeito de Caxias conheceu o sistema de operações portuárias

Uma próxima reunião já ficou agendada junto ao prefeito e sua equipe da Secretaria de Planejamento com Ted Lago e parte de sua equipe para o inicio do projeto do porto seco.

“Esse será o primeiro passo. O projeto precisa ainda após ser concluído, analisado pela Receita Federal e outros órgãos federais e estaduais, para, em seguida, tomar forma física. Mas como se trata de um projeto que, além de gerar muito emprego, trará recursos e investimentos, não só para Caxias, mas para toda o Maranhão, acreditamos que não enfrentaremos muitas dificuldades”, destacou o prefeito Fábio Gentil.

  Publicado em: Governo

Prefeitos destacam conquistas da FAMEM e declaram voto em Cleomar Tema

Publicado em   16/jan/2019
por  Caio Hostilio

“Voto no presidente Tema pela sua recondução ao cargo de presidente da FAMEM pelas conquistas que a entidade viabilizou para o municipalismo sob o comando dele. É um dirigente bastante empenhado no seu trabalho, um homem do diálogo e que agora acaba de abrir um importante canal de diálogo junto ao Governo Federal. Já esteve com o ministro chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República, general Santos Cruz e com a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, viabilizando recursos para os nossos municípios”.

Estas foram as declarações do prefeito de Santa Luzia do Paruá, Plácido Holanda. Ao engrossar o bloco de apoio ao presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM), Cleomar Tema, na disputa por ,mais um mandato à frente da entidade, cujo pleito acontecerá no próximo dia 30. Ele fez a afirmação na manhã desta quarta-feira (16), na sede da instituição, onde outros colegas seguiram a mesma linha.

Djalma Melo, prefeito de Arari, também manifestou seu apoio a Cleomar Tema, seguindo o mesmo raciocínio de Plácido Holanda. Afirmou que Cleomar Tema é o melhor para a Federação, uma vez que já mostrou serviço, cujos resultados estão transparentes, como a nova sede, a Escola de Gestão Municipal e outros avanços.

O prefeito de Mirador, Roni, foi outro que anunciou apoio a Cleomar Tema, acrescentando que as ações por ele desenvolvidas têm repercussão em todo o Estado. “Ele é muito organizado, muito trabalhador e um político de larga visão. Conta com meu voto e não tenho dúvidas de que será reeleito mais uma vez.

A exemplo de Cleomar Tema, o prefeito de Parnarama, Raimundo Silveira está no quinto mandato. Esteve na FAMEM para confirmar seu apoio ao colega, enfatizando que a entidade abre espaços e tem muitas conquistas sob a direção de Tema. “Ele é preparado, já mostrou sua capacidade e, por isso, voto com ele”, assinalou

  Publicado em: Governo

Vereadores participam de audiência para revisão do Plano Diretor de São Luís

Publicado em   16/jan/2019
por  Caio Hostilio

Vereadores de São Luís participaram, na noite de terça-feira, 15, da primeira, de uma série de nove audiências públicas, para revisão do Plano Diretor da capital maranhense, com base na Lei nº 4.669/2006.

O evento, de iniciativa da Prefeitura, ocorreu no auditório da Faculdade Pitágoras, no bairro do Turu, e tem como finalidade debater a reordenação de políticas voltadas para áreas urbanas e rural da cidade, além de garantir acessibilidade, mobilidade, uso racional do uso e ocupação do solo, habitação, meio ambiente, saneamento básico, entre outras questões que envolvem o planejamento estratégico do município.

Para o presidente da Câmara de São Luís, Osmar Filho (PDT), esse é o momento importante para que todos possam discutir melhorias para a cidade. “Entendemos a importância que tem o Plano Diretor, instrumento que há mais de dez anos não passa por um processo de revisão. A cidade tem que acompanhar as mudanças que ocorrem constantemente e um dos pilares para isso é justamente o Plano Diretor”, declarou.

Osmar Filho informou que, após a conclusão das audiências públicas, tudo que for absorvido pelos técnicos da Prefeitura farão parte do documento revisado, que passará por uma ampla discussão e posterior votação no plenário da Câmara Municipal.

“Na nossa avaliação a cidade precisa avançar e no momento em que o prefeito Edivaldo Holanda Junior (PDT) encaminhar está matéria para o Legislativo, a gente saberá contribuir para avançar nessa questão. Assim que esse documento chegar na Câmara, com certeza, daremos total celeridade ao assunto”, frisou.

Segundo o vereador Honorato Fernandes (PT), essa discussão é importante, pois garante a retomada da revisão do Plano Diretor de São Luís. “A gente espera que esse debate tenha, cada vez mais, a ampla participação da sociedade civil e que a gente veja a população da cidade participando desses nove encontros, que se inicia hoje com este evento, pois esta é uma ferramenta importante, ao lado da lei que trata do uso e ocupação do solo urbano, fundamental para que haja um crescimento ordenado do município”, destacou.

A vereadora Bárbara Soeiro (PSC) disse que a sociedade tem mais é que comemorar esse debate, por se tratar de uma discussão que impactará na vida de todos que moram em São Luís. “Entendo que o marco é quando a sociedade participa, fala e discute as suas demandas. Eu sempre digo que o Plano Diretor começa e termina na Câmara Municipal. O Executivo é a parte técnica, mas é aqui nessas audiências que a sociedade discutirá aonde doi. Portanto, é somente por meio desse diálogo que temos que debater a cidade, pois precisamos ter qualidade de vida. Temos milhares de problemas e não adianta ficar somente reclamando no canto”, enfatizou.

Já o vereador Estevão Aragão (PSDB) criticou a falta de mais participação popular na primeira audiência pública organizada pela Prefeitura, além da demora na revisão do Plano diretor que já ultrapassa os dez anos legais para sua atualização. “O Plano Diretor de São Luís vai caminhando para os três anos de defasagem, pois deveria ter sido atualizado em 2016, já que a última revisão aconteceu em 2006. Entendo também que faltou ampla divulgação sobre o assunto à população da cidade. É preciso que vários setores e segmentos da sociedade possam participar, pois isso mexerá com a vida e o dia a dia de cada um. O que a gente observa é que sempre participam das audiências apenas correligionários do prefeito. Apesar disso, trata-se de um assunto de extrema importância e essas audiências são fundamentais para reordenarmos o nosso Plano Diretor”, afirmou.

Os trabalhos contaram também com as participações de secretários municipais, estudantes, lideranças comunitárias e demais representantes da sociedade civil organizada.

Para o secretário municipal de Planejamentos Estratégicos, Gustavo Marques, que presidiu a mesa de diálogos, o Conselho da Cidade teve todas as suas atividades técnicas acompanhadas por observadores ao longo das reuniões para a montagem do documento que proporcionará a revisão do Plano Diretor.

“A realização dessas nove audiências públicas é a oportunidade que a população de São Luís tem de se fazer ouvir e falar na montagem dessa revisão do Plano Diretor. Esse processo está sendo garantido pela Prefeitura, que abre as portas para que todos possam fazer suas manifestações e contribuir para esse novo documento”, frisou. Também participaram da audiência os vereadores Raimundo Penha (PDT), Francisco Chaguinhas (PP), Ricardo Diniz (PRTB) e Joãozinho Freitas (PTB).

  Publicado em: Governo

Hildo Rocha desmonta factoide: “Não existe esse acordo. Sou candidato a presidente do MDB do Maranhão”

Publicado em   16/jan/2019
por  Caio Hostilio

Diante da falsa informação de que estaria sendo costurado um acordo para a eleição do diretório estadual do MDB do Maranhão, o deputado federal Hildo Rocha reagiu com firmeza e indignação. “Não existe acordo. Sou candidato à presidência do diretório regional do MDB maranhense. As informações divulgadas por alguns blogs é fantasiosa”, afirmou o parlamentar.

A reação do deputado decorre da publicação de suposto acordão por meio do qual o deputado João Marcelo assumiria o comando da legenda e Hildo Rocha seria o vice-presidente.

“Essa possibilidade nunca chegou a ser cogitada. Quando estivemos reunidos para tratar sobre a eleição, o deputado João Marcelo foi taxativo ao dizer que não pretende concorrer porque, no seu entendimento, caso ele sucedesse o seu pai, o Senador João Alberto, ficaria parecendo continuidade da atual gestão. João Marcelo chegou a afirmar que o MDB não é capitania hereditária. Portanto, a informação é fantasiosa, totalmente mentirosa”, informou Hildo Rocha.

  Publicado em: Governo

Prefeitura de Vitória do Mearim na busca da sustentabilidade dos vitorienses..

Publicado em   16/jan/2019
por  Caio Hostilio

A prefeita Dídima Coêlho visando dá condições sustentabilidade aos vitorienses e ao mesmo tempo garantir a preservação do meio ambiente vem transformando os povoados em linha de produção que possa trazer a industrialização da farinha como meio de sobrevivência do povo, cuja importância é fazer com que as pessoas compreendam da importância de se conservar os recursos naturais e levar uma vida mais condizente com a capacidade de produção e renovação dos recursos naturais.

  Publicado em: Governo

Show de humor, música e mini-maratona na Feirinha da Gente, em Caxias

Publicado em   16/jan/2019
por  Caio Hostilio

O ano mal começou e a Feirinha da Gente já traz grandes surpresas. Neste domingo, dia 20 de janeiro, a Feirinha da Gente apresenta um dos maiores nomes do humor em Caxias. Amauri Jucá!!

Venha rir muito na Feirinha da Gente neste domingo, que ainda terá banda Skap e o encerramento da III Mini-Maratona Feminina.

  Publicado em: Governo

Publicidade

Busca no Blog